Aprenda a plantar uma árvore com essas dicas simples

Além da estética visual, as árvores impactam diretamente na vida humana e podem ser plantadas por qualquer pessoa, desde que alguns cuidados sejam tomados

Por Redação Atualizado em 18 mar 2022, 09h24 - Publicado em 18 mar 2022, 16h00
suite arquitetos casa da arvore casacor 2018 paisagismo
Casa da Árvore Renault, assinada pela Suite Arquitetos | Ricardo Bassetti/CASACOR

Escrever um livro, ter um filho, plantar uma árvore. Para muitos, essas são as grandes realizações que devem ser feitas ao menos uma vez na vida! E para ajudar na hora de plantar uma árvore, o arquiteto e paisagista Cezar Scarpato, a frente do escritório Scarpato Arquitetura Paisagística, reuniu diversas dicas e cuidados necessários para o momento do plantio. 

“Além da poética por trás da ideia de que todos devemos plantar uma árvore, existe uma questão racional e fundamental de nossa própria existência – as árvores são responsáveis pela formação e manutenção de florestas e, consequentemente, pelos benefícios e condições à vida de uma série de outras espécies, incluindo a nossa”, destaca o paisagista.

Refúgio Urbano, assinado por Marina Linhares |
Refúgio Urbano, assinado por Marina Linhares | Rômulo Fialdini/CASACOR

Além da importância tamanha, as árvores contribuem para um visual aconchegante das cidades e lares e podem ser plantadas por qualquer pessoa. 

“O importante é tomar alguns cuidados, especialmente quando se trata da espécie adequada para o local do plantio”, diz o paisagista. Isso porque algumas árvores podem atingir proporções muito grandes, tanto em suas copas, quanto em suas raízes, folhas e frutos. 

refugio-urbano-marina-linhares-casacor-sao-paulo-2018
Refúgio Urbano, assinado por Marina Linhares | Romulo Fialdini/CASACOR

“Quando mal planejado, um plantio pode gerar excesso de galhos frágeis, folhas e frutos que danificam coberturas e carros, por exemplo, ou deixam as calçadas escorregadias. É necessário escolher o local correto e evitar possíveis danos a vizinhos e a infraestrutura urbana”, alerta.

Plantio urbano

bia abreu janelas casacor 2020 sao paulo casa conectada lg paisagismo jardim arquitetura sustentabilidade foto renato navarro
Casa Conectada LG, por Bia Abreu- Janelas CASACOR SP | Renato Navarro/CASACOR

Quando falamos de árvores que ficam em calçadas, é importante tomar alguns cuidados específicos. Espécies muito altas, que cheguem a mais de 6 metros de altura, devem ficar longe de fiações elétricas. No geral, o ideal é deixá-las também distantes dos muros e sem comprometer a calçada.

casacor rio de janeiro 2021 rj ambientes decoração arquitetura mostras up3 michelle wilkinson thiago morsh cade marino
Casa UP, por UP3 Arquitetura – CASACOR Rio 2021 André Nazareth/CASACOR

“Optar por árvores de pequeno porte, com raízes não tão agressivas e com copa mais esbelta do que larga, evitando bloquear o espaço por completo ou bater em carros, é o mais indicado. É melhor evitar árvores com frutos muito grandes ou gosmentos, que podem também fazer com que a pessoa escorregue na calçada”, indica Cezar Scarpato.

Continua após a publicidade

Plantio doméstico

Catê Poli e João Jadão - Rooftop CASACOR, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Catê Poli e João Jadão – Rooftop CASACOR, projeto da CASACOR São Paulo 2021 | Evelyn Muller/CASACOR

Jardins em casa costumam ser áreas mais livres, e o principal cuidado é com a proporção do espaço.

“A principal qualidade de trazer uma árvore é o sombreamento, que também pode favorecer um ambiente da casa ou uma fachada que recebe sol direto, deixando tudo mais confortável. Outro beneficio é em relação às frutas, quando escolhida uma árvore frutífera. E, por fim, é claro, o benefício visual”, diz o paisagista.

KalilFerre Paisagismo - Meu Verde Particular, projeto da CASACOR São Paulo 2021.
Meu Verde Particular, por KalilFerre Paisagismo – CASACOR SP 2021 Evelyn Müller/CASACOR

Para sombreamento, Scarpato indica o plantio de espécies de copa mais frondosa como Ingá, Aroeira, Mangueira, Flamboyant, Chapéu-de-sol, Oiti e Sombreiro.

Agora, para aqueles que buscam uma árvore super colorida, o Ipê, a Quaresmeira, Resedá, Pau-formiga, Chuva-de-ouro, Manacá-da-serra, Jasmim-manga, Magnólias e o Mini-flamboyant são a melhor aposta.

Cuidados ao plantar

Frezza & Figueiredo Arquitetura e Interiores - Casa Elos,, projeto da CASACOR Ribeirão Preto 2021.
Frezza & Figueiredo Arquitetura e Interiores – Casa Elos Felipe Araujo/CASACOR

Para ajudar no plantio, o paisagista Cezar Scarpato afirma que o principal cuidado deve ser com o torrão da árvore, que não pode ser quebrado ou danificado. Atenção também ao caule, que não deve ficar coberto com terra – isso porque a árvore transpira pelo tronco e abafá-lo poderia deixá-la mais suscetível à doenças e pragas.

“O berço de plantio, que se trata do buraco para receber a árvore, deve ser largo e no mínimo duas vezes maior do que o torrão, para proporcionar a adição de terra mista adubada, junto com a terra do próprio local revolvida e arejada, facilitando o crescimento inicial das raízes”, ensina.

casa syshaus arthur casas casacor sao paulo 2018
Casa Syshaus, por Arthur Casas- CASACOR SP 2018 | Filippo Bamberghi/CASACOR

Em locais com ventos fortes, um tutor vertical deve ser adicionado, para o escoramento do caule.

Por fim, Scarpato indica que o plantio seja feito preferencialmente nas meias estações, especialmente na primavera. “Isso garante a rega natural, com a temporada de chuvas, e temperaturas mais amenas, para menor evaporação”, explica.

A época menos interessante é no final do outono ou começo do inverno, quando as condições climáticas não são tão favoráveis na maioria dos lugares, e o metabolismo e crescimento das plantas fica estagnado ou lento.

Continua após a publicidade

Publicidade