Bougainville: aprenda a cultivar a flor com paisagista da CASACOR SP!

A flor nativa brasileira é conhecida por suas cores vibrantes e é uma ótima opção para iniciantes no universo das plantas

Por Redação Atualizado em 4 ago 2022, 15h39 - Publicado em 5 ago 2022, 11h00
zanardo paisagismo terraco helade casacor sp 2022 jardim banco vaso
Zanardo Paisagismo – Terraço Hélade. Projeto da CASACOR São Paulo 2022. Renato Navarro/CASACOR

Um dos passatempos que mais se popularizaram no pós pandemia é a criação de jardins particulares. Seja em apartamento ou casa, os “pais” e “mães” de plantas estão sempre atrás de uma nova espécie para adicionar à coleção – e aí entra a Bougainville, uma espécie de flor nativa brasileira que enche os olhos dos visitantes da CASACOR São Paulo 2022 no espaço Terraço Hélade, do paisagista Luciano Zanardo.

zanardo paisagismo terraco helade casacor sp 2022 jardim banco vaso
Zanardo Paisagismo – Terraço Hélade. Projeto da CASACOR São Paulo 2022. Renato Navarro/CASACOR

Também conhecida como Primavera, Três Marias ou Flor-de-papel, essa espécie de trepadeira é conhecida por suas cores vibrantes e sua facilidade de se adaptar a vários climas. Sua beleza é tanta que, por volta de 1767, quando os franceses a encontraram pela primeira vez no Rio de Janeiro, carinhosamente a apelidaram de “trepadeira maravilhosa”.

Como cultivar?

 

Podendo ser cultivada em áreas abertas ou fechadas, e requerendo pouca manutenção, a Bougainville é uma excelente opção para iniciantes. De acordo com Zanardo, a rega deve ser realizada em dias alternados, entre duas e três vezes na semana, dependendo da estação do ano. Já a adubação deve ser feita uma vez por mês e a dica do especialista é usar o fertilizante NPK 4-14-8.

O olhar atento pode auxiliar a entender a necessidade da flor: por exemplo, se os botões estiverem despencando, o cuidador provavelmente não está fornecendo água o suficiente. Agora, se a quantidade de flores for pouca, o oposto é o caso: o dono está molhando demais.

Continua após a publicidade

“As Bougainvilles necessitam de sol pleno para seu desenvolvimento. No Terraço Hélade, elas estão expostas em área aberta sem cobertura. Em ambientes de meia sombra não recomendo o cultivo”, explica Zanardo.

zanardo paisagismo terraco helade casacor sp 2022 jardim sofa poltrona banco vaso
Zanardo Paisagismo – Terraço Hélade. Projeto da CASACOR São Paulo 2022. Renato Navarro/CASACOR

Outro ponto importante para levar em consideração é a dimensão do vaso: o paisagista recomenda uma peça grande, com material resistente, como os vasos vietnamitas ou de cimento aramado. No caso do plantio direto na terra, a flor deve ser cultivada em solo fértil, previamente preparado com adubos químicos ou orgânicos.

“É fundamental frisar a importância da luz, pois um dos erros mais comuns no cuidado com a Bougainville é justamente a carência de incidência solar, juntamente com o excesso de água e a falta de adubação e limpeza das folhas e galhos secos”, ressalta Zanardo.

zanardo paisagismo terraco helade casacor sp 2022 jardim vaso
Zanardo Paisagismo – Terraço Hélade. Projeto da CASACOR São Paulo 2022. Renato Navarro/CASACOR

Quando o assunto é cor, a mais tradicional é a rosa ou a lilás. Inclusive, a intensa tonalidade arroxeada, que floresce no período invernal, foi a escolhida pelo paisagista para compor o terraço em estilo mediterrâneo da CASACOR. Porém, as pigmentações branca, vermelha, amarela e laranja, cuja floração ocorre na primavera e no verão, também compõem o repertório.

Agora só resta saber onde obter a “trepadeira maravilhosa” e qual o melhor estágio para a compra. Segundo o paisagista, a Bougainville pode ser encontrada nos principais garden centers e na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP), onde geralmente são comercializadas em vasos plásticos. Apesar de estarem disponíveis em vários formatos, o ideal é priorizar uma já com floração. E não tem porque se preocupar: mesmo após a queda, com os devidos cuidados, os botões retornam em poucos meses.

Continua após a publicidade

Publicidade