Milan Design Week 2016: mostra propõe um Detox sexual

Móveis que fazem referências a macas de massagem e ambiente hospitalar, enfermeiras que fazem performances estão na mostra No Sex, do Atelier Biagetti

Por Márcia Carini Atualizado em 26 jul 2018, 11h32 - Publicado em 11 abr 2016, 13h42

Ainda se usa dizer “descolado”? Se o termo não tiver caído em desgraça, ele serve muito bem para todo o grupo que foi à Piazza Arcole, 4, no dia 10 de abril. O Atelier Biagetti – de Alberto Biagetti e Laura Baldessari – com a mostra No Sex, com curadoria da jornalista Maria Cristina Didero, conseguiu reunir os melhores nomes para um final de tarde premiado com performance.

Falemos primeiro da mostra: Alberto e Laura (que é artista e cantora de ópera) criam suas peças a partir de conceitos abstratos, mas muito densos. No ano passado, criticavam o culto ao corpo. Neste ano, propõem um Detox sexual. Traduzem a necessidade da busca pelo equilíbrio, frente ao frenesi erótico generalizado, em peças e ambiente quase acético.

Os móveis trazem referências a macas de massagem e ambiente hospitalar. Ao mesmo tempo, são feitos de materiais extremamente delicados ao toque – de uma sensualidade ímpar. Um espelho em forma de cruz de Seletti finaliza a coleção – numa inédita parceria entre os designers. Enfermeiras – lindas, mas com caras de má – faziam performances a cada meia hora. E bananas envelopadas em papel alumínio eram servidas ao lado de queijos e sucos.

Publicidade