MDW: Louis Vuitton e sua coleção que transcende lugares

A Louis Vuitton apresentou, na Semana do Design em Milão, 10 novas peças que, agora, fazem parte da coleção já existente "Objets Nomades"

Por Alex Alcantara Atualizado em 18 abr 2017, 11h02 - Publicado em 13 abr 2017, 15h04
Monica Ferreri/CASACOR

A refinada marca Louis Vuitton levou para a Milan Design Week não uma nova coleção, mas sim, um complemento de uma já lançada em 2012. A linha Objets Nomades, com 25 itens, é inspirada em viagens e se baseia no amor pela beleza dos materiais finos, na possibilidade de formas e proporções cuidadosamente equilibradas, no artesanato complexo e meticuloso, e na atenção aos detalhes.

Monica Ferreri/CASACOR

“Nossas criações não representam nenhuma viagem específica, em um sentido literário. As peças dão uma interpretação do que é viajar, uma ideia de passar de um lugar para outro. Nossas Prateleiras, assim como a Cadeira e a Mesa de Concertina, são objetos dobráveis, facilmente combináveis, feitos de um material não convencional para seu tipo de tecnologia – couro”, relata Raw Edges, um dos designers que assina peças para a coleção. 

 

Monica Ferreri/CASACOR

Algumas das peças tinham sido lançadas durante outras semanas de design em Milão, e nesta edição de 2017 a marca apresentou ao público mais 10 itens. Eles foram assinados por renomados profissionais do segmento: Atelier Oï, Maarten Baas, Barber e Osgerby, os irmãos Campana, Damien Langlois-Meurinne, Nendo, Gwenaël Nicolas, Raw Edges, Patricia Urquiola, Marcel Wanders e, mais recentemente, Índia Mahdavi e Tokujin Yoshioka.

Monica Ferreri/CASACOR

A coleção possui peças de design flexíveis e modulares, incluindo bancos de couro, poltronas suspensas, cadeiras dobráveis ​​requintadamente trabalhadas, mesas de design e outros objetos exclusivos. Tudo isso foi exposto nos incríveis quartos com varanda do Palazzo Bocconi, que faz um plano de fundo perfeito para os objetos. 

Monica Ferreri/CASACOR

“A sociedade de hoje é inerentemente nômade. A globalização tem permitido que mais e mais pessoas viajem ao redor do mundo, sendo um dia no Brasil, o próximo em Milão: este é o nosso luxo. Adoro viajar, assim como eu aprecio o prazer de voltar para casa novamente, aproveitando mais e mais o que eu tinha deixado temporariamente para trás”, explica Humberto Campana.

 

Continua após a publicidade
Publicidade