3daysofdesign: designers mostram potencial criativo de madeira inexplorada

Em Copenhagen, encontro reúne talentos do design nesta semana para mostrar como inovar utilizando três espécies de madeiras americanas

Por Yeska Coelho
9 jun 2023, 11h00

Entre os dias 7 e 9 de junho, um evento de design na Dinamarca, na capital Copenhagen, reúne designers com o objetivo de explorar tendências e refletir sobre práticas sustentáveis: o 3daysofdesign. Uma das exposições em destaque é chamada Three (“árvore”, em tradução para o português) – que traz inspirações de como utilizar madeira dura americana em peças de design exclusivo.

3daysofdesign, sustentabilidade, madeira
Da esquerda para a direita, Anne Brandhøj, Maria Øfstedal Eng e Pia Högman (Benjamin Lund/CASACOR)

Para expor, a AHEC (American Hardwood Export Council) lançou um desafio a três designers participantes da exposição: que utilizassem três madeiras em suas produções, o carvalho vermelho, a cerejeira e o bordo.

As designers Anne Brandhøj da Dinamarca, Pia Högman da Suécia e Anna Maria Øfstedal Eng da Noruega foram as eleitas por terem afinidade com materiais naturais e criações sustentáveis.

3daysofdesign, sustentabilidade, madeira
(Benjamin Lund/CASACOR)

Pia Högman assumiu o carvalho vermelho e descobriu que a madeira tem um potencial igualmente inexplorado, por ser substituída pelo carvalho branco. Na Three, a designer expõe um conjunto com cinco cadeiras, cada uma com acabamento voltado para realçar o revestimento. Dispostas em um espectro de cores, as cadeiras incorporam painéis lineares e curvos, com detalhes que destacam os veios longos da madeira.

3daysofdesign, sustentabilidade, madeira
(Benjamin Lund/CASACOR)

A designer Anne Brandhøj leva para a mostra esculturas de madeira enigmáticas. Ela começou a extrair a matéria-prima e testar o que aconteceria se começasse a moldá-la antes de seca, evidenciando assim as imperfeições, os nós e as rachaduras.

3daysofdesign, sustentabilidade, madeira

Continua após a publicidade

Por fim (e não menos importante), Anna Maria Øfstedal criou um trio de objetos de mobiliário que combinam geometrias de forma livre com volumes lineares que a própria designer nunca havia explorado. Ao trabalhar com a madeira, ela buscou ferramentas que a ajudassem a criar contornos irregulares.

Publicidade