Artboard Created with Sketch.

Ritual do encontro inspira Sala de Jantar de Juliana Pippi na CASACOR SP

Em sua segunda participação na mostra, a arquiteta cria um lugar para estar junto, conversar e viver o momento presente

O mosaico Era na nova cor Lignito é assinado pela arquiteta Juliana Pippi.

O mosaico Era na nova cor Lignito é assinado pela arquiteta Juliana Pippi. (Denilson Machado/CASACOR)

“Há muitas edições de CASACOR debruço-me sobre a materialização deste ato, o encontro”, revela a arquiteta Juliana Pippi, antes de entrar nos detalhes do seu segundo ambiente na CASACOR São Paulo. Em 2019 ela assina a Sala de Jantar [Co.Dining], de 45m ², com uma narrativa desenhada a partir dos gestos de receber.

“O ambiente transparece todos os gestos desta cena, as miudezas em texturas, aromas, sonoridades, gostos. É quase como uma defesa do que importa para os dias, para manter o frescor da casa, das relações que nela se estabelecem, as vibrações que transitam”, conta.

A mesa We Share, com assinatura de Juliana Pippi, possui tampo artesanal em granilite e uma calha central. Ela combina materiais como o corian e o inox, além de contar com bandejas utilitárias para o preparo de drinks e petiscos na hora, com todos os convidados ao redor.

A mesa We Share, com assinatura de Juliana Pippi, possui tampo artesanal em granilite e uma calha central. Ela combina materiais como o corian e o inox, além de contar com bandejas utilitárias para o preparo de drinks e petiscos na hora, com todos os convidados ao redor. (Denilson Machado/CASACOR)

Com este olhar subjetivo, Juliana Pippi trouxe o prefixo “co” para o nome do espaço, enfatizando a intenção de compartilhar. Esta palavra conduz até mesmo o desenho da mesa We Share, com 4,20 m de extensão, projetada pela arquiteta especialmente para celebrar. “Ela é o principal elemento de conexão e o fio condutor deste projeto. A partir dela as atividades da sala de jantar são realizadas”, destaca.

O efeito de acolhimento é potencializado pelo jogo de texturas presentes no espaço. A composição se faz com um painel de madeira de carvalho em contraste com o azul e junto com a geometria do tapete premiado de Nicole Tomazi.

O efeito de acolhimento é potencializado pelo jogo de texturas presentes no espaço. A composição se faz com um painel de madeira de carvalho em contraste com o azul e junto com a geometria do tapete premiado de Nicole Tomazi. (Denilson Machado/CASACOR)

O icônico pendente Zettel’z, de Ingo Maurer, ganha destaque diante do teto e do alto das paredes tingidos em azul. Ele traz desenhos do ilustrador convidado Fábio Dudas.

O icônico pendente Zettel’z, de Ingo Maurer, ganha destaque diante do teto e do alto das paredes tingidos em azul. Ele traz desenhos do ilustrador convidado Fábio Dudas. (Denilson Machado/CASACOR)

A escolha do mobiliário é uma atração à parte e reúne diversos nomes importantes do design brasileiro. Claudia Moreira Salles, Sérgio Rodrigues, Gustavo Bittencourt, Jader Almeida, Bruno Rangel de fazem presentes. Também há várias peças de antiquário, como um baú francês e outro português, de 1900.

As luminárias, incluindo esta de parede, são assinadas por Jader Almeida.

As luminárias, incluindo esta de parede, são assinadas por Jader Almeida. (Denilson Machado/CASACOR)

A curadoria de obras de arte também é relevante no projeto de Juliana Pippi, com trabalhos de Eduardo Haesbaert, Aline Sancovsky, Shirley Paes Leme, Marlene Stamm, Renato Castanhari, Sérgio Pinzon, H Savas e Vera Martins.

A seleção de arte é um dos traços da Sala de Jantar de Juliana Pippi. Há fotografias de Denilson Machado, Irineo Albiero, Juliana Sicoli; uma aquarela de Roberto Cimino; escultura em alumínio da Bianca Barbato e escultura de parede do Studio Rain. As cerâmicas são de Carolina Peraca.

A seleção de arte é um dos traços da Sala de Jantar de Juliana Pippi. Há fotografias de Denilson Machado, Irineo Albiero, Juliana Sicoli; uma aquarela de Roberto Cimino; escultura em alumínio da Bianca Barbato e escultura de parede do Studio Rain. As cerâmicas são de Carolina Peraca. (Denilson Machado/CASACOR)

As cadeiras Lucio Costa estão entre os destaques, com design de Sérgio Rodrigues. Ao fundo, mancebo Stand By, de Claudia Moreira Salles.

A escada é peça de antiquário. Data de 1900 e foi fabricada em Portugal.SERVIÇO CASACOR SÃO PAULO 2019

QUANDO?

De 28 de maio a 04 de agosto
Terça a sábado: das 12h às 21h
Domingos e feriados: das 12h às 20h

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, nº 1075 – Cidade Jardim

INGRESSOS:

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 64,00/ Meia entrada: R$32,00

De sexta a domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 80,00/ Meia entrada: R$40,00

Valet: R$ 40,00

Classificação: Livre

Gratuidade: Crianças até 10 anos

As vendas dos ingressos para São Paulo estão disponíveis no site: casacor.byinti.com

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.