Dicas sobre como usar paletas neutras para criar ambientes surpreendentes

As paletas neutras são perfeitas para criar ambientes equilibrados e elegantes. Veja dicas do elenco CASACOR usá-las da melhor forma

Por Yeska Coelho Atualizado em 16 ago 2021, 11h06 - Publicado em 16 ago 2021, 15h00

O uso de paletas neutras na decoração é cada vez mais popular para criar ambientes que tragam uma atmosfera simples e calma. Pode-se dizer que esse foi um dos impactos da pandemia para a decoração de interiores: a necessidade de criar ambientes que, além de bonitos, sejam aconchegantes e ofereçam um espaço de tranquilidade para os moradores.

Projeto de Mariana Maisonnave
Projeto de Mariana Maisonnave Divulgação/CASACOR

O movimento vem na mesma onda do minimalismo e do Japandi. A ideia é trazer um mix de estilos e texturas para criar composições harmoniosas. Mas mesmo um ambiente neutro pode ser surpreendente: para provar isso, convidamos Mariana Pesca, Mariana Maisonnave e Gabriel Bordin para dar dicas de como usar paletas neutras na decoração.

“Uma base neutra dá a chance de ousar em outras coisas que depois são mais fáceis de modificar caso o morador se canse. O segredo está em identificar onde ‘explodir’ as cores, onde colocar um elemento forte e marcante”, afirma Mariana Pesca, que assina o Cosmopolitan Loft na CASACOR Santa Catarina 2021.

Cosmopolitan Loft - Mariana Pesca Arquitetura. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.
Cosmopolitan Loft – Mariana Pesca Arquitetura – CASACOR SC 2021 Lio Simas/CASACOR

Especialmente na decoração de interiores, cores muito marcantes podem fazer o morador se cansar, e os gastos para transformar o espaço acabam sendo maiores. Isso dificilmente acontece em um ambiente que conta com paletas neutras, já que se trata de algo mais atemporal.

Para Mariana Maisonnave, à frente do living gourmet Respiro exibido na CASACOR SC 2021, a criação de um ambiente que faz uso de paletas neutras é mais complexo do que se imagina. Isso porque é necessário contar com harmonia, mas dosar bem para não ficar apagado e sem graça: “para dar certo é preciso fazer uma mistura de texturas e materiais, trazer alguns pontos focais de contraste, e elementos que aqueçam e valorizem o ambiente”, afirma.

Respiro - Mariana Maisonnave - CASACOR SC 2021
Respiro – Mariana Maisonnave – CASACOR SC 2021 Lio Simas/CASACOR

Na criação do espaço “Respiro”, Maisonnave deu aula de como misturar elementos e criar um ambiente neutro surpreendente. “A base escolhida foi um tom de off white, bem leve, mas que compõe com tons de cinza, madeira natural, branco e pinceladas de preto”, explica a arquiteta.

Por que investir em paletas neutras na decoração?

 

Casa Pilotis por Gabriel Bordin
Divulgação/CASACOR

Trazer leveza para o espaço e tornar todos os cômodos aconchegantes é uma das grandes vantagens de adotar cores sóbrias na decoração. “Uma base neutra dá protagonismo a elementos da composição como texturas, formas, ritmos, repetições, objetos, vistas e a interação da luz natural ou artificial com o espaço”, explica Gabriel Bordin, que está à frente do projeto Casa Yugen DECA na CASACOR Santa Catarina deste ano.

Para Bordin, o monocromático não é um aspecto negativo ou “chato” na decoração. Muito pelo contrário, ele acredita que “peças em conjunto formam volumes homogêneos e, por isso, interessantes”, afirma.

Projeto de Mariana Maisonnave
Projeto de Mariana Maisonnave Mariana Boro/CASACOR

Outra vantagem é que a paleta neutra oferece bastante conforto visual. Uma pessoa consegue permanecer mais tempo e se sentir a vontade em um ambiente com cores simples, do que em um mais marcante, que pode inclusive fazê-la enjoar logo. De acordo com Mariana Pesca, “[a paleta] faz com que as coisas se tornem atemporais, menos cansativas, oferece conforto de verdade”.

A paleta neutra representa um respiro em meio ao caos, especialmente para quem tem uma rotina agitada e vive em grandes metrópoles. Mariana Maiosnnave confessa que tem uma grande inclinação por ambientes minimalistas e vê nas cores neutras uma possibilidade de trazer “descanso para os olhos”. Segundo a especialista “ambientes assim nos proporcionam leveza e frescor”.

Continua após a publicidade

Dicas sobre como escolher paletas neutras para a decoração

 

K Platz ambiente assinado por Gabriel Bordin
K Platz ambiente assinado por Gabriel Bordin Divulgação/CASACOR

A combinação de cores neutras não é assim tão difícil, mas tornar o ambiente surpreendente pode apresentar um desafio aos decoradores. Para isso, nosso elenco trouxe dicas certeiras de como eles fazem para combinar sem erro!

Segundo Bordin, o primeiro passo é estudar o perfil do cliente e entender seu estilo e necessidades. A partir disso, dá para escolher entre tons terrosos, fendi, off-white ou o clássico preto e branco para dar o pontapé inicial em uma composição neutra e equilibrada.

K Platz ambiente de Gabriel Bordin
K Platz ambiente de Gabriel Bordin Divulgação/CASACOR

É possível também trabalhar de diferentes maneiras um ambiente monocromático. Uma dica que Bordin nos dá é fazer com que “os tons neutros e naturais permaneçam, mas que sejam interceptados por uma peça, contraste ou ponto cor que se destaque, como uma sentença da identidade do ambiente”.

Mariana Pesca faz uma comparação da arquitetura com a culinária “sabendo dosar e temperar tudo dá certo”. Uma combinação possível que a arquiteta usa como exemplo é a do off white com tons de bege e terrosos, e os brancos com cinza que escurecem até chegar no preto. “Isso não é uma regra, mas pode funcionar bem”, explica.

Casa Pilotis por Gabriel Bordin
Casa Pilotis por Gabriel Bordin Divulgação/CASACOR

Outra ideia esperta que Mariana Pesca nos dá é a mistura de diferentes texturas, que, segundo ela, é preferível apostar em tons semelhantes e inovar com uma textura bonita.

Uma experiência sensorial por trás do uso de paletas neutras

 

K Platz ambiente por Gabriel Bordin
K Platz ambiente por Gabriel Bordin Divulgação/CASACOR

Cores mais sóbrias ajudam a criar um clima aconchegante e isso é fato, mas vai muito mais além. De acordo com os especialistas da CASACOR, é possível construir uma experiência sensorial que se comunica com os moradores por meio de um visual neutro.

Mariana Maisonnave acredita muito neste ideal e afirma que, assim como algumas cores vibrantes (como o vermelho, por exemplo) podem trazer sensação de agito e alegria, outras mais neutras costumam passar a sensação de tranquilidade. “Dentro desse universo das cores neutras podemos criar um ambiente que passe sobriedade e formalidade, ou podemos criar um que nos faça sentir abraçados e confortáveis. Tudo depende também das formas, das texturas e dos materiais escolhidos”, explica.

Projeto de Mariana Maisonnave
Projeto de Mariana Maisonnave Mariana Boro/CASACOR

As texturas são fundamentais para criar sensações no ambiente. Segundo Gabriel Bordin, “a rigidez ou fluidez das formas também fica mais evidente, isso ajuda a criar a experiência sensorial onde um ambiente pode ser mais acolhedor ou sisudo quando suas linhas – sejam elas retas, curvas ou orgânicas – são protagonistas e comunicativas”.

Já para Mariana Pesca, que concorda com os colegas, é possível mesclar formas, formatos e texturas e trazer um elemento surpresa. Esse é o segredo para se conquistar um ambiente neutro mas que emocione e encante quem mora e visita.

Continua após a publicidade
Publicidade