Inspire: Espaço (des)contínuo é um cômodo que interage com a respiração

Assinado pelo EFC Arquitetura para o Janelas CASACOR, edição RIbeirão Preto, luzes e sons do projeto interagem com a respiração dos visitantes

Por Ana Carolina Harada 23 nov 2020, 11h47
Felipe Araujo/CASACOR

Às vezes, é somente pela ausência que se percebe a presença. Eduardo Franco Correia explora os significados dos vazios no Espaço (des)contínuo, ambiente do Janelas CASACOR, edição Ribeirão Preto. Todo o projeto foi concebido para estimular a reflexão acerca do primordial.

Felipe Araujo/CASACOR

O espaço não possui paredes físicas, apenas um contorno luminoso delimitando sua existência sobre folhas secas que se espalham para além da área mobiliada. Ao entrar, o visitante logo percebe que o cômodo é interativo e muda conforme sua respiração. A cada inspiração e expiração, a luz que define o contêiner oscila, assim como os sons e a projeção no painel.

Felipe Araujo/CASACOR

“A ideia é chamar a atenção para essa função elementar, ameaçada por circunstâncias decorrentes da ação humana”, explica o profissional. Em tempos de pandemia de uma doença tão perversa, a valorização do ar ganha significados profundos. Poder respirar em um mundo sufocado por epidemias, mudança climática iminente, violência e preconceitos é sim um privilégio que deve ser valorizado.

Felipe Araujo/CASACOR

O mobiliário foi pensado como uma representação do isolamento social, suprindo as funções clássicas: comer, trabalhar, estar. O toque extra foi o colorido quadro de Veridiana Leite, que traz um muito necessário sopro de arte, em um momento tão difícil.

Serviço Janelas CASACOR, edição Ribeirão Preto

 

Continua após a publicidade

Onde?

Em vários pontos da cidade, confira os locais aqui.

Visite todos os ambientes com o Tour 3D no site janelascasacor.com.br

Quando?

De 16 de novembro a 20 de dezembro de 2020

Quanto?

Gratuito

Continua após a publicidade

Publicidade