Inspire: Espaço (des)contínuo é um cômodo que interage com a respiração

Assinado pelo EFC Arquitetura para o Janelas CASACOR, edição RIbeirão Preto, luzes e sons do projeto interagem com a respiração dos visitantes

Por Ana Carolina Harada 23 nov 2020, 11h47
Felipe Araujo/CASACOR

Às vezes, é somente pela ausência que se percebe a presença. Eduardo Franco Correia explora os significados dos vazios no Espaço (des)contínuo, ambiente do Janelas CASACOR, edição Ribeirão Preto. Todo o projeto foi concebido para estimular a reflexão acerca do primordial.

Felipe Araujo/CASACOR

O espaço não possui paredes físicas, apenas um contorno luminoso delimitando sua existência sobre folhas secas que se espalham para além da área mobiliada. Ao entrar, o visitante logo percebe que o cômodo é interativo e muda conforme sua respiração. A cada inspiração e expiração, a luz que define o contêiner oscila, assim como os sons e a projeção no painel.

Felipe Araujo/CASACOR

“A ideia é chamar a atenção para essa função elementar, ameaçada por circunstâncias decorrentes da ação humana”, explica o profissional. Em tempos de pandemia de uma doença tão perversa, a valorização do ar ganha significados profundos. Poder respirar em um mundo sufocado por epidemias, mudança climática iminente, violência e preconceitos é sim um privilégio que deve ser valorizado.

Felipe Araujo/CASACOR

O mobiliário foi pensado como uma representação do isolamento social, suprindo as funções clássicas: comer, trabalhar, estar. O toque extra foi o colorido quadro de Veridiana Leite, que traz um muito necessário sopro de arte, em um momento tão difícil.

Serviço Janelas CASACOR, edição Ribeirão Preto

 

Onde?

Em vários pontos da cidade, confira os locais aqui.

Continua após a publicidade

Visite todos os ambientes com o Tour 3D no site janelascasacor.com.br

Quando?

De 16 de novembro a 20 de dezembro de 2020

Quanto?

Gratuito

Continua após a publicidade
Publicidade