CASACOR SC: a delicada leveza da Suíte Essencial revela-se nos detalhes

A arquiteta Juliana Pippi escolheu somente o que era essencial para criar um ambiente compacto, funcional mas cheio de belezas

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 17 fev 2020, 16h48 - Publicado em 17 out 2018, 18h50
Lio Simas/CASACOR

A inquietante pergunta do que é realmente essencial foi o que levou a arquiteta Juliana Pippi a criar a Suíte Essencial para a CASACOR Santa Catarina 2018. A resposta encontrada por ela foi: uma corrida à beira-mar, uma cama confortável, um banho quentinho no final do dia ou um chá de hortelã no inverno, ideias singelas que se transformaram em uma decoração aconchegante, fresca e cheia de graça.

Lio Simas/CASACOR

A metragem reduzida foi o desafio inicial. Juliana fez questão de projetar um ambiente com o qual os visitantes pudessem se identificar e projetar nele suas próprias rotinas. “Abordo o princípio do essencial com a ideia de simplicidade em todos os aspectos do ambiente. A começar pela metragem de 31 m², meu menor ambiente na história da CASACOR Santa Catarina 2018. A escolha foi proposital, quis trabalhar com um espaço real que o visitante pudesse se identificar. Acho que depois de ter participado de tantas edições, esse era um desafio que faltava”, explica.

Mariana Boro/CASACOR

Ali não há excessos, materiais naturais ricos em texturas, como a madeira e o linho trazem aconchego ao mobiliário focado na funcionalidade. Para as cores do quarto, tons claros e um tom de verde da kokedama em um dos cantos. No teto, revela-se o minucioso trabalho manual de carbonização Shou Sugi Ban, o qual cria uma coloração que mistura branco, cinzas e azuis. Ao lado da cama, uma pequena árvore suspensa se destaca. Trata-se de um elemento inusitado, porém delicado que captura o olhar. Em cada canto encontra-se uma pequena surpresa, seja nas peças da artista Fabiana Queiroga, nas paredes e cômodas, ou nas ampulhetas e livros de sua ocupante.

Mariana Boro/CASACOR

O banheiro prioriza o layout e o uso. Pedras naturais e mármore marcam cada linha e detalhe, trazendo toda a riqueza de suas formas, como as curvas dos espelhos e a moldura do box. Pendentes Corda do designer Guilherme Wentz garantem uma iluminação mais pontual e direcionada para que o olhar mais atento encontre algumas sutilezas: pequenos ramos em tubos de ensaio, livros de arquitetura e quadros.

Mariana Boro/CASACOR

SERVIÇO CASACOR SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS 2018

QUANDO?

De 14 de outubro a 25 de novembro de 2018

De terça a sexta, das 15h às 21h

Continua após a publicidade

Sábados e feriados, das 13h às 21h

Domingos das 13h às 19h

ONDE?

Casarão do Caminho dos Açores – Caminho dos Açores, 1410 – Bairro Santo Antônio de Lisboa

QUANTO?

Entrada inteira: R$40

Meia entrada: R$20

Passaporte: R$100

Clique aqui e adquira já o seu ingresso!

Continua após a publicidade
Publicidade