Artboard Created with Sketch.

Miami Art Week: A inquietante e excêntrica exposição “Desire”

A exposição Desire ocorreu no Moore Building, com curadoria de Diana Widmaier-Picasso e retratou as diversas facetas do sexo

Moore Building com a instalação Elastika de Zaha Hadid, sedia a exposição "Desire" Moore Building com a instalação Elastika de Zaha Hadid, sedia a exposição “Desire”

Moore Building com a instalação Elastika de Zaha Hadid, sedia a exposição “Desire” (CASACOR/)

“Volte para o mundo antigo. Esculturas e vasos gregos, pinturas barrocas. Matisse e Picasso. O show erótico é um dos grandes temas de arte”, explica Jeffrey Deitch, que ao lado de Larry Gagosian produziram a exposição Desire, durante a Miami Art Week.

desire35

 (Reprodução/)

A mostra possuiu curadoria de Diana Widmaier-Picasso (neta de Pablo Picasso) e ocorreu no edifício Moore, no distrito Design. Mais de 50 artistas tinha suas obras expostas, dentre eles Picasso, Lichtenstein a R. Crumb, Tom of Finland, Diego Rivera para Richard Prince, Keith Haring e Kenny Scharf para Martin Wong – com pinturas, fotografias, esculturas, desenhos animados, vídeo e, sim , modelos nus ao vivo.

desire36

 (Reprodução/)

 

desire29

 (Reprodução/)

Uma das atrações da exposição, no primeiro andar, eram as esculturas realistas de Jeff Koons, que mostrava, detalhadamente, o ato sexual de um casal. As pessoas se surpreendiam com as dimensões anatomicamente exatas.

desire28

 (Reprodução/)

No segundo andar, uma modelo nua descansando em um divã azul assustava os visitantes que achavam que era mais uma escultura da exposição.

desire26

 (Reprodução/)

Uma das obras mais inquietante foi a de Noritoshi Hirakawa, “Sonhos de Tokyo”, com 20 retratos de mulheres japonesas jovens e atraentes, lindamente e modestamente vestidas com saias ou vestidos, de cócoras. Quem observa, leva alguns segundos antes de perceber que nenhuma delas está vestindo roupas íntimas. Seu olhar direto e postura sólida desafia ideias de vulnerabilidade, de força e de controle.

desire31

 (Reprodução/)

 

desire32

 (Reprodução/)

Desire vem com ideias, referências culturais, o drama da ação, a intenção do sujeito, explora abordagens modernas e contemporâneas para o erotismo na arte bem como os conceitos de ficção científica futurista erótica.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.