Continua após publicidade

Tons escuros e peças de design grifadas compõem esta casa de 380 m²

Entre os morros verdes e o azul do mar de Floripa, o espaço assinado pela arquiteta Andressa Venturini traduz os encontros do casal de clientes

Por Redação
Atualizado em 26 abr 2023, 09h35 - Publicado em 26 abr 2023, 11h00

Ao norte da Ilha de Santa Catarina, num condomínio fechado na praia dos Ingleses, a batizada “Casa dos Encontros“, assinada pela arquiteta Andressa Venturini – do elenco CASACOR Santa Catarina –, foi erguida entre os morros e o azul do mar.

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

O imóvel de 380 m2 é onde nasce a história do jovem casal. Ela brasileira e ele sueco, ambos apaixonados pelo Brasil e pelo clima tropical. A vida também se divide entre os dois países, porém boa parte do tempo eles preferem curtir na casa apelidada de “dos sonhos”, no lado de cá dos trópicos.

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

A conexão entre os espaços favorece a interação dos moradores. Tudo está conectado e foi projetado para ser dessa forma na planta baixa.

A arquiteta explica que tudo foi pensado para que os momentos sejam vivenciados juntos. A intenção está na disposição do mobiliário, onde a palavra encontro é levada ao máximo no aproveitamento espacial e convidativo.

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

 “Neste projeto o encontro é exatamente o que buscamos. Tudo na casa está conectado a ponto de ocasionar belos encontros. O mobiliário, os espaços para receber a família e os amigos, os ambientes íntimos que também proporcionam o auto encontro”, conta a Andressa.

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

De estilo contemporâneo, a profissional selecionou peças grifadas do design nacional para compor o cenário de vida. Há uma atmosfera de sofisticação na composição.

Continua após a publicidade
Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

As tipologias dos móveis complementam-se em harmonia, as cores fortes como a preta – queridinha do cliente – não pesam no visual e, nos ambientes, elas foram suavizadas com a combinação de tons mais claros e materiais naturais.

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

“A lâmina natural de madeira e a pedra fazem um encontro perfeito. A primeira aquece o ambiente, enquanto a outra traz um certo ar de rusticidade elegante para a composição”, aponta a profissional. 

Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)

Com ambientes totalmente integrados, a harmonia entre os espaços foi mantida com a mesma linguagem de mobiliário e materiais. Unidade que evidencia a personalidade dos habitantes e deixa gostoso viver o dia a dia.

Continua após a publicidade
Casa Florianópolis assinada por Andressa Venturini 
(Mariana Boro/CASACOR)
Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade