Programa restaura o monumento aos 80 anos da migração japonesa

A prefeitura restaurou o monumento aos 80 anos da imigração japonesa através do programa Cidade Linda em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo

Por Paola Carmello - Atualizado em 3 mar 2017, 15h59 - Publicado em 2 fev 2017, 16h00

Nesse ano de 2017 a cidade de São Paulo completou 463 anos e em comemoração à data, a prefeitura restaurou o monumento aos 80 anos da imigração japonesa. A obra, assinada por Tomie Ohtake, é uma das mais importantes da carreira da artista plástica.

 

credito-secom
Foto: SECOM

A restauração da escultura, situada na Avenida 23 de maio, foi feita através do programa Cidade Linda uma parceria entre o instituto Tomie Otake e a marca de tintas Coral. Após a última repintura, há sete anos, a obra sofreu algumas degradações como pichações e rachaduras, além dos resíduos de poluição.

 

monumento-imigracao-japonesa-restaurado
Foto: Fábio Arantes | SECOM PMSP

O monumento simboliza a chegada do primeiro grupo de japoneses imigrantes no Brasil e a superação após a difícil adaptação na cidade de São Paulo, mais especificamente nos bairros Saúde, Jabaquara e Liberdade. As quatro ondas que saem do chão representam as quatro gerações de nikkeis (descendentes de japoneses), que são issei (nascido no japão), nissei (filho de japoneses), o sansei (neto) e o yonsei (bisneto). Segundo a autora da obra, as ondas também representam progressão e continuidade. 

Continua após a publicidade
Publicidade