10 prédios com formatos e fachadas inusitadas

Cantilevers, palafitas e outras técnicas de construção garantem que esses edifícios com fachadas atípicas se destaquem no horizonte. Confira!

Por Redação Atualizado em 29 jul 2022, 22h38 - Publicado em 30 jul 2022, 12h00
10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
The Wave, Dinamarca, por Henning Larsen | Jacob Due/CASACOR

Os avanços na engenharia significam que os arquitetos são capazes de explorar formatos cada vez mais incomuns em seus projetos residenciais. 

Por isso, a seguir, separamos 10 prédios com formatos e fachadas inusitadas que usam cantilevers, palafitas e outras técnicas de construção para garantir que eles se destaquem no horizonte. Confira!

Sluishuis, Holanda, por BIG e Barcode Architects

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Ossip van Duivenbode/CASACOR

O bloco angular Sluishuis, do estúdio dinamarquês BIG e do estúdio holandês Barcode Architects, se estende sobre o lago IJ em Amsterdã em um balanço duplo. Concluído este ano, o projeto apresenta 442 apartamentos.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Ossip van Duivenbode/CASACOR

“Em direção à cidade, o prédio se ajoelha para convidar os visitantes a subir no telhado e apreciar a vista panorâmica dos novos bairros do IJ’, disse Bjarke Ingels, sócio fundador do BIG.

Fake Hills, China, por MAD

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Xia Zhi/CASACOR

Como o próprio nome sugere, Fake Hills na cidade portuária de Beihai, na China, se assemelha a um horizonte de topografia ondulada com sua linha de telhado ondulada. 

Projetado pelo estúdio alemão MAD, o edifício busca se destacar dos blocos habitacionais padronizados que geralmente dominam os horizontes chineses.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Xia Zhi/CASACOR

O estúdio incluiu instalações que respondem à forma única do edifício, desde paredes de escalada nas vastas cavidades cortadas em sua fachada até quadras de tênis, jardins e piscinas nas partes mais planas do telhado.

Ilot Queyries, França, por MVRDV

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Ossip van Duivenbode/CASACOR

As inclinações dos telhados do empreendimento Ilot Queyries em Bordeaux, na França, variam entre 14 graus e 45 graus, dependendo de sua relação com o sol.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Ossip van Duivenbode/CASACOR

Eles fazem parte de um layout irregular que foi cuidadosamente organizado pelo estúdio holandês MVRDV para maximizar a ventilação natural e a luz em todo o local, com prédios baixos em um canto para combinar com os edifícios vizinhos. No outro extremo, quarteirões de nove andares tem vista para o Rio Garonne.

The Wave, Dinamarca, por Henning Larsen

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Jacob Due/CASACOR

Cinco cristas que correm como uma montanha-russa ao longo da orla do Vejle Fjord definem The Wave, na Dinamarca, e contêm 100 apartamentos nos volumes de nove andares.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Jacob Due/CASACOR

O edifício foi a visão do prolífico arquiteto dinamarquês Henning Larsen, que faleceu em 2013 antes de ser concluído. Seu estúdio viu o projeto até sua conclusão após um processo de construção de 11 anos retido pela crise financeira de 2008.

The Building Descending the Stairs, Itália, por ElasticoFarm e Bplan Studio

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Iwan Baan/CASACOR

The Building Descending the Stairs é um arco desleixado de 47 apartamentos içados acima de uma praça sobre estacas de metal angulares.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Iwan Baan/CASACOR
Continua após a publicidade

Com vista para a Lagoa de Veneza em Jesolo, foi projetado pelos escritórios de arquitetura ElasticoFarm e Bplan Studio para enquadrar as vistas do mar para os moradores sem bloquear as de seus vizinhos.

L’Arbre Blanc, França, por Sou Fujimoto, Nicolas Laisné, Dimitri Roussel e OXO Architectes

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Cyrille Weiner/CASACOR

O arquiteto japonês Sou Fujimoto colaborou com Nicolas Laisné, Dimitri Roussel e OXO Architectes neste edifício de 17 andares que abriga 113 apartamentos, que busca reinventar o bloco de torre.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Cyrille Weiner/CASACOR

Destinado a incentivar os moradores a abraçar o ar livre, o bloco de Montpellier é modelado na forma de uma árvore e é caracterizado por suas muitas varandas em balanço que se espalham como folhas – algumas com mais de sete metros de comprimento.

La Muralla Roja, Espanha, de Ricardo Bofill

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Sebastian Weiss/CASACOR

Concluída em 1973, a colorida La Muralla Roja, do falecido arquiteto espanhol Ricardo Bofill, é de longe o exemplo mais antigo de um bloco habitacional de formato incomum nesta lista.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Sebastian Weiss/CASACOR

O conjunto habitacional, no topo de um penhasco na costa espanhola de Calpe, tem forma de fortaleza, com escadas internas geométricas complexas e rotas de circulação que lembram as pinturas de MC Escher.

Busan Times, Coreia do Sul, por Moon Hoon

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Shin Kyungsub/CASACOR

Um dos edifícios de formato mais incomum deste roundup, o Busan Times é um bloco habitacional de concreto de quatro andares projetado pelo arquiteto sul-coreano Moon Hoon para se assemelhar a uma coruja.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Shin Kyungsub/CASACOR

Uma moldura de concreto que se estende de uma grande janela no apartamento mais alto pretende representar o rosto do pássaro, com as duas aberturas de cada lado brilhando como olhos à noite. A ala é representada por um volume vertical com um canto fatiado que se projeta do lado leste do edifício.

XS House, EUA, por ISA

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Sam Oberter/CASACOR

Projetado pelo estúdio ISA, a XS House na Chinatown da Filadélfia é excepcionalmente esbelta, acomodando sete apartamentos em um terreno com a largura de uma vaga de estacionamento.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
Sam Oberter/CASACOR

“A pegada extremamente estreita do local foi expandida com o uso estratégico de baias, mezaninos e unidades superiores de dois níveis, mantendo um layout central mínimo de escada única”, explicou o estúdio.

Prospect Place, Reino Unido, por Frank Gehry

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
John Sturrock/CASACOR

O primeiro projeto habitacional do arquiteto vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura Frank Gehry, no Reino Unido, é marcado por suas fachadas brancas ondulantes, perfuradas por grandes janelas.

10 prédios com formatos e fachadas inusitadas
John Sturrock/CASACOR

O empreendimento faz parte da regeneração da Battersea Power Station e é composto por dois edifícios com mais de 300 casas combinadas, sem dois apartamentos iguais.

Fonte: Deezen

Continua após a publicidade

Publicidade