Piscina suspensa liga dois blocos residenciais e causa polêmica em Londres

A 35 metros do chão, a Sky Pool funciona como uma ponte entre os dois prédios, oferecendo um mergulho inesquecível com a cidade de Londres como cenário

Por Giovanna Jarandilha Atualizado em 7 jun 2021, 16h58 - Publicado em 8 jun 2021, 15h00
sky pool piscina transparente conecta dois blocos residenciais em londres
Simon Kennedy/CASACOR

Quem passar pelo empreendimento Embassy Gardens, no sudoeste de Londres, terá uma surpresa quando olhar para cima: uma piscina transparente, a mais de 35 metros do chão, unindo os dois edifícios do complexo. Batizada de Sky Pool, a piscina criada pelo estúdio de arquitetura HAL funciona como uma ponte entre os prédios; e seus 25 metros de comprimento foram feitos inteiramente em painéis de acrílico.

sky pool piscina transparente conecta dois blocos residenciais em londres

O estúdio descreveu a piscina como a primeira do mundo pensada para proporcionar às pessoas “um mergulho como nenhum outro“.”Queríamos produzir uma ponte onde se pudesse nadar”, explicou o fundador da HAL, Hal Currey, “e que tivesse uma estrutura leve, dando aos nadadores a possibilidade de aproveitar as vistas fantásticas de Londres”.

sky pool piscina transparente conecta dois blocos residenciais em londres
Simon Kennedy/CASACOR

Ao lado dos engenheiros estruturais do Eckersley O’Callaghan, o plano da HAL era criar uma estrutura totalmente transparente. “A falta de estrutura visível dá à Sky Pool uma qualidade mágica – uma sensação de drama para nadadores e espectadores”.

Para criar o efeito de transparência total, a equipe de design decidiu criar a piscina em painéis de acrílico, que são usados ​​com frequência em grandes tanques em aquários. “É a transparência, a leveza do toque e o fato de abranger dois edifícios que a torna única“, disse ele.

Continua após a publicidade
sky pool piscina transparente conecta dois blocos residenciais em londres
Simon Kennedy/CASACOR

Localizada no 10º andar, a piscina ainda tem o benefício adicional de ter um índice de refração muito semelhante ao da água, de modo que há apenas uma pequena distorção da luz através do acrílico. Isso ajuda a estrutura a parecer mais invisível.

Como a piscina se estende entre os dois blocos, ela foi projetada para responder ao movimento dos edifícios, ao mesmo tempo que suporta o peso da água e é impactada pelo vento devido à sua altura. Em suas extremidades, foram construídas duas banheiras de aço em cada um dos edifícios, que contêm degraus, equipamento de limpeza, tratamento de água e iluminação. Além disso, duas hastes de aço de 38 milímetros de diâmetro passam por baixo da piscina para conectar as duas banheiras de aço para reduzir as cargas na estrutura de acrílico.

sky pool piscina transparente conecta dois blocos residenciais em londres
Simon Kennedy/CASACOR

Na internet, a piscina tem dado o que falar. Não só o medo de altura alimentou o debate nas redes socais, mas também o fato de que a piscina não é acessível aos residentes de moradias populares dentro do complexo residencial.

Segundo as associações que administram esses imóveis mais acessíveis, isso funciona dessa forma para que os custos de manutenção da piscina sejam menores para os moradores – os donos das unidades mais caras pagariam pelo serviço.

Fonte: Dezeen, BBC Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade