Edifício contemporâneo da Cité Arquitetura inaugura no Rio de Janeiro

Celso Rayol e Fernando Costa, arquitetos do elenco CASACOR, são responsáveis pelo residencial carioca que promove um encontro entre os moradores e a cidade

Por Redação Atualizado em 16 jul 2021, 19h52 - Publicado em 9 jul 2021, 15h00
contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Wagner Ziegelmeyer/CASACOR

O bairro da Gávea, no Rio de Janeiro, ganha agora um mais novo edifício residencial projetado pela Cité Arquitetura, dos sócios Celso Rayol e Fernando Costa, elenco CASACOR. A premissa da construção é promover o encontro entre os moradores e a cidade, atendendo à vontade contemporânea de estar próximo a tudo e ao mesmo tempo contar com o aconchego da casa.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Wagner Ziegelmeyer/CASACOR

Para isso, o bairro onde o edifício foi construído não poderia ter sido outro. A Gávea é reconhecida como um local de ativação na cidade do Rio, onde está localizada uma das maiores universidades da cidade, escolas, teatros, bares e restaurantes, além de centros culturais e o planetário municipal. Mesmo com a boa localização, movimentada e perto de tudo, a Gávea situa-se em um vale, assim suas ruas são arborizadas e tranquilas.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Wagner Ziegelmeyer/CASACOR

O morador que opta por morar nessa vizinhança está à procura do encontro entre o dinamismo e a tranquilidade, da vida urbana e a do campo. É justamente esse encontro que a arquitetura do empreendimento Contemporâneo Gávea promove.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Wagner Ziegelmeyer/CASACOR

Nas áreas internas, os ambientes de uso comum do projeto foram desenhados com múltiplas funções para atender às demandas do dia a dia. As áreas de lazer foram integradas através de portas articuladas – que, no layout interno, se tornaram essenciais para trazer essa liberdade de espaço buscada desde a concepção da arquitetura.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Daniele Leite/CASACOR

Outro elemento importante é a variedade de comodidades oferecidas ao morador, como boxes para depósito e bicicletário, condizentes com o morar contemporâneo.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Daniele Leite/CASACOR

Nos apartamentos, a cozinha foi colocada como principal articulador do espaço, criando uma boa circulação e favorecendo o contato entre residentes. As janelas que vão do chão até o teto também são um elemento norteador do projeto, permitindo a entrada de bastante iluminação natural, vista para o verde e uma atmosfera do bairro dentro do apartamento.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Daniele Leite/CASACOR

As janelas anguladas, como as da fachada do pavimento comum junto à rua, ou de brises nas laterais das varandas, são um detalhe cuidadoso que funciona como um tipo de “filtro visual” entre o lado de dentro e o movimento da rua. Das varandas, é possível aproveitar a vista das copas das árvores e do Cristo Redentor – novos ângulos para novas perspectivas de habitar.

contemporaneo gávea prédio residencial rio de janeiro cité arquitetura
Daniele Leite/CASACOR

Por fim, na fachada, a cor cinza predomina na camada mais externa e mimetiza a inserção no contexto urbano, enquanto os planos inclinados revestidos de madeira são responsáveis por destacar a mudança de perspectiva e acolher quem chega.

 

Continua após a publicidade
Publicidade