Conheça as casas de marte!

A técnica construtiva que o arquiteto Nader Khalili criou para habitações de emergência chamou atenção da NASA

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 18 fev 2020, 07h54 - Publicado em 15 mar 2018, 18h30
Reprodução CalEarth/CASACOR

Terra e areia ensacadas, esses materiais modestos são a base das construções criadas pelo arquiteto iraniano Nader Khalili, para sua instituição não governamental de apoio aos desalojados, CalEarth. Essas moradias de ares conceituais e futuristas têm como objetivo serem o abrigo daqueles que não têm onde morar, seja por catástrofes naturais ou humanas.

Reprodução CalEarth/CASACOR

As SuperAdobes – como são chamadas as casas – utilizam técnicas construtivas simples e ancestrais, que aproveitam os recursos e as possibilidades do local como solução para a habitação.

Reprodução CalEarth/CASACOR

Para erguer uma casa, bastam alguns sacos sintéticos resistentes e degradáveis, arame, pás, terra, água e uma calçadeira. Qualquer um pode construir ou auxiliar na construção e o formato em arco oferece equilíbrio à estrutura.

Reprodução CalEarth/CASACOR

Dada a sua resposta prática, sustentável e funcional para a grave crise de habitação vivida internacionalmente (migrações, guerras e desastres naturais), o trabalho da CalEarth chamou a atenção da NASA, como um possível modelo de arquitetura para ser feita na ocupação de outros planetas, como o vizinho da Terra, Marte. Curiosamente, para a NASA, não é uma residência ultra tecnológica que seria mais apropriada ao explorar o planeta vermelho, e sim uma residência ecológica, que prestigia as tradições milenares da construção.

 

Reprodução CalEarth/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade