Uma garagem com duas funções

Lá fora, havia duas vagas de estacionamento. Hoje, tem uma vaga e um local para relaxar ao meio do ver

Por Reportagem visual Mayra Navarro | Fotos Marcelo Zocchio Atualizado em 3 mar 2017, 16h02 - Publicado em 29 abr 2015, 21h44
01-garagem-de-casa-se-transforma-em-canto-de-lazer

Lá fora, havia duas vagas de estacionamento. Mas, em dias de festa, a sala não comportava os convidados. Também faltava um canto silencioso, perto das plantas, para estar só, lendo ou fumando. “Um ponto onde cada um pudesse fcar na sua, como naquelas casas antigas do interior. Isso faz diferença numa cidade como São Paulo”, define a moradora. Por que não ocupar um trecho da garagem, então? Coberta com placas de vidro sobre uma estrutura metálica, a área mais próxima ao estar, com 13 m², ganhou uma estratégica porta de correr. É ela que setoriza dentro e fora – e ainda protege na hora da chuva. Criada pelo designer e artista Marcelo Zocchio, leva madeiras encontradas em caçambas e demolições, como ipê e peroba. “Usei retalhos de caibros, decks e assoalhos. Para vedar, policarbonato”, conta ele. Essa transparência garante o clima de sala-jardim.

02-garagem-de-casa-se-transforma-em-canto-de-lazer

– Menos chuva: como um complemento do desenho da porta, pedaços de tábuas de peroba fecham o vão que sobrou abaixo da cobertura.

– Pura leveza: as placas de policabonato compensam o peso da moldura de madeira bruta.

Publicidade