Sputnik: a luminária estrelar que dominou os espaços da CASACOR

No ano passado, as luminárias Sputnik foram uma tendência nas mostras pelo país trazendo charme e design para os espaços

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 17 jan 2018, 15h41 - Publicado em 17 jan 2018, 15h40

Era 4 de outubro de 1957 quando a então União Soviética lançou no universo o primeiro satélite artificial da Terra, o Sputnik. Sua missão era transmitir pulsos de rádio para estudar as capacidades de lançamento de cargas úteis para o espaço e estudar os efeitos da ausência de peso e da radiação sobre os organismos vivos. Era uma preparação para as futuras viagens tripuladas, em ritmo de corrida espacial.

Satélite soviético Sputnik Reprodução USA Today/CASACOR

O Sputnik consistia em uma esfera de aproximadamente 58 cm de diâmetro e quase 87 kg da qual saíam quatro antenas. Fascinados pelos feitos do satélite e pelos mistérios do Universo, designers e arquitetos se inspiraram no Sputnik para criarem suas peças. A luminária de mesmo nome foi um sucesso na década de 60 e ocupa ambientes até hoje. Seu conceito é simples: um núcleo com hastes e luzes na extremidade. Anos mais tarde, a luminária Sputnik ganhou novas versões, como a da designer Ana Neute, com globos de vidro maiores e contornos mais orgânicos.

Em CASACOR 2017, as luminárias Sputnik dominaram os espaços e foram uma iluminação estrelar nas mostras! Confira na galeria acima!

 

Continua após a publicidade
Publicidade