Artboard Created with Sketch.

Peças do Arnaldo Danemberg Antiquário enaltecem beleza da CASACOR SP

Itens como baús, abajures de origem francesa, vitrine de famárcia de origem portuguesa e outros, estão presentes pelos espaços da CASA COR SP 2016

A CASA COR São Paulo deste ano, ocorre no prédio do Ambulatório do Jockey Club de São Paulo, um edíficio art déco, carregado de história e beleza arquitetônica. Pensando nesse contexto histórico, alguns profissionais investiram em peças do Arnaldo Danemberg Antiquário, que mesclam o clássico com o moderno e dá um charme especial aos ambientes. Entre os objetos selecionados pelos profisionais estão baús, abajures de origem francesa, vitrine de famárcia de origem portuguesa, entre outros, todos garimpados pessoalmente por Arnaldo.

06-casa-cor-sao-paulo-2016

Casa com Garagem Renault – Ana Maria Vieira Santos compõe seu ambiente com produtos como baús diversos, escada antiga em nogueira do século XIX, uma coleção de espelhos franceses, entre outros.

DSC_5927ok

Circulação – Considerado o menor espaço da mostra, a designer Luciana Kreimer, escolheu peças do antiquário como a estante de farmácia portuguesa em madeira clara no tom mel, ladeada por bergeres francesas e os abajures em cristal, também franceses, dos anos 60 no interior da estante, trazendo aconchego.

16-casa-cor-sao-paulo-2016

Living e Jardim de Inverno – O arquiteto Dado Castello Branco escolheu peças ícones do acervo do Arnaldo Danemberg. Entre os itens que se destacam está a mesa de fazenda de origem francesa do séc. XIX, Luiz Felipe, que serve de escrivaninha no living e a mesa em nogueira do séc. XIX, vinda dos vinhedos de Bordeaux diretamente para o acervo. “Dado mostra, com maestria, como as peças de antiquariato europeu se encaixam na casa contemporânea brasileira” diz Danemberg.

52-casa-cor-sao-paulo-2016

Loft no Campo – Paola Ribeiro selecionou móveis importantes do acervo do antiquário, todos de caráter campesino. Vale a pena destacar os engradados de bebidas, pequenas caixas, papeleiras e cadeiras austríacas, entre outras “miudezas”, que, segundo o antiquário, dão charme e aconchego no ambiente

terraco-gourmet-casacorsp2016

Terraço Gourmet – Joana Requião escolheu itens raros do acervo do antiquário, que são uma parte da coleção de pedras Garden Statuary & Architectural Items, que são pias em granito dos séculos XVIII e XIX, anteriormente usadas como bebedouro para animais, servem de jardineiras no olhar da arquiteta.

clarisse-reade_adriana-pereira_carolina-reade3

Estúdio do Casal – Clarisse Reade garimpou no acervo Arnaldo Danemberg peças inusitadas, como exemplo, mesas de vinhedo francesas do séc. XIX, que se transformaram em mesas laterais no ambiente. “Uma sacada de como transformar o uso de um móvel ou objeto e adaptar ao momento atual”, finaliza Danemberg.

Você também pode encontrar peças do Arnaldo Danemberg Antiquário nos ambientes de: Patricia Hagobian, Tri Art Arquitetura, Michel Safatle, Studio GPPA Arquitetura, Nildo José e  Anastassiadis Arquitetura.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.