Compensado naval e concreto aparente pontuam espaço da CASACOR SP 2016

A Galeria do Colecionador de Maicon Antoniolli convida o visitante a uma viagem no tempo, unindo passado e presente em um décor <em>high low</em>

Por Alex Alcantara Atualizado em 1 fev 2019, 15h40 - Publicado em 5 set 2016, 16h54

Maicon_Antoniolli_1

Maicon Antoniolli, arquiteto paranaense, fez sua estreia na CASA COR São Paulo 2016 com um ambiente inspirador, a Galeria do Colecionador, que faz uma viagem do tempo, levando o visitante do passado ao presente com escolha de materiais e obras de arte.

Maicon_Antoniolli_5

Para começar a explicar o projeto, devemos levar em consideração os dois principais materiais empregados no espaço: o compensado naval e o concreto aparente. Eles são característicos do local e valorizam a arquitetura original do Ambulatório do Jockey, mantida também na concepção do espaço. Quem visitou, tinha a sensação de estar dentro de um container.

Maicon_Antoniolli_6 Maicon_Antoniolli_7A

Outro ponto importante é o formato do ambiente, em “T”, que norteia o visitante a analisar e “viajar” pelo espaço e tempo. Obras de de jovens artistas dividem o local com móveis dos anos 1940 e 70, repaginados com tecidos e cores atuais que trazem um conceito high low.

Maicon_Antoniolli_9

Continua após a publicidade
Publicidade