CASACOR Rio 2016: O slow life é pauta de 5 ambientes da mostra

Mais do que a estética ou o estilo, a palavra-chave dos ambientes abaixo é: tranquilidade. Os espaços são convites para fugir da correria do dia a dia!

Por Alex Alcantara Atualizado em 6 fev 2019, 18h45 - Publicado em 28 out 2016, 18h18

Inspirado no movimento slow food, criado na Itália por Carlo Petrini – manifesto em prol de uma alimentação mais saudável – surgiu também o slow life com uma proposta parecida: uma vida mais tranquila, longe da correria do dia a dia, e que é pautada com pequenas atitudes, que consistem em apenas viver, da forma mais simples, mas sem perder a consciência e sabedoria. Conduzidos por esse pensamento, alguns profissionais da CASACOR Rio de Janeiro 2016 criaram ambientes despretenciosos, onde a ordem é o desconectar e apreciar o momento.

ANDREA DUARTE E ANNA MALTA - ATELIER DETOX (FOTO ANDRÉ NAZARETH)

Um espaço de meditação, de mente quieta e respiração tranquila, longe da tecnologia é a proposta das arquitetas Andrea Duarte e Anna Malta no Atelier Detox.

PAULA COSTA - QUARTO DA IMAGINAÇÃO (FOTO ANDRÉ NAZARETH)

Já no Quarto da Imaginação, de Paula Costa, a criatividade é aclamada. No espaço não há TV ou tablet. Computador nem pensar. Muitos livros e espaços de leitura permeia o local.

RODRIGO BARBOSA - ESPAÇO OMINI (FOTO ANDRÉ NAZARETH)

No Espaço OMINI, assinado por Rodrigo Barbosa, o closet vai além de ser apenas um armário: funciona também como canto de leitura.

RAPHAEL COSTA BASTOS - JARDIM SENSORIAL (FOTO ANDRÉ NAZARETH)

O Jardim Sensorial de Raphael Costa Bastos atiça os quatro sentidos: o tato, nas texturas das plantas; a audição, com o som das águas; a visão, com as flores e folhagens; e o olfato com o aroma das ervas.

MAURÍCIO NÓBREGA - VARANDA (FOTO ANDRÉ NAZARETH)

Uma Varanda com ducha e cascata refrescante é um lugar para quem sabe viver: esta é a proposta do arquiteto Maurício Nóbrega.

Continua após a publicidade

SERVIÇO CASACOR RIO 2016

QUANDO?

11 de outubro a 20 de novembro de 2016

Terça a domingo das 12h às 21h

ONDE?

Rua Marques de São Vicente, 268 – Gavea (Residência Celso Rocha Miranda)

QUANTO?

Terça a sexta: R$ 50

Meia: R$ 25

Sáb, Dom e feriado: R$ 60

Meia: R$ 30

Continua após a publicidade
Publicidade