Artboard Created with Sketch.

CASACOR PE: Lugar de guardar coleções e também reunir os amigos

A Garagem de Estar Renault do arquiteto Diogo Viana na CASACOR Pernambuco prova que dá para abrigar muito mais do que o carro neste cantinho da casa

Casa Cor Pernambuco

O cenário é tropical, mas nem por isso é preciso abrir mão da tecnologia. Na Garagem de Estar Renault projetada por Diogo Viana para CASACOR Pernambuco, que vai até 6 de novembro, o desafio era agregar natureza e modernidade. Com 30 m² e vista para os jardins da mansão do século 19 onde acontece a mostra, o espaço ultrapassa o papel comum de uma garagem e se torna um aconchegante ambiente de estar, seguindo a proposta da Renault para as edições de CASACOR em 2016. O projeto acompanha os objetivos da montadora francesa em inovar para melhorar a vida das pessoas.

“É um local de atmosfera mais escura, pensado para pessoas que gostam de relaxar na companhia de bons amigos e também colecionar objetos”, explica o arquiteto. Por isso, uma grande estante de madeira, da Bartzen Nova Casa, foi feita sob medida para o espaço e dá destaque à coleção de garrafas e peças garimpadas, por meio da iluminação de LED embutida, da Allumé.

Para ressaltar os pontos de cor verde na estante e a picape Renault Duster Oroch, carro oficial da mostra, o revestimento do piso é neutro e tem textura cimentícia. No teto, uma chapa recortada delimita a área de exposição do carro e abriga spots de iluminação que realçam a pintura automotiva.

A tropicalidade aparece com força no papel de parede estampado de flamingos, assim como no uso da madeira nos móveis. A mesma estamparia chega até o tecido do sofá-namoradeira, batizado de Dora, do designer Jader Almeida. Encaixado na estante, o bufê Teca com estrutura de aço-carbono e madeira, também assinado por Almeida, dá um ar gourmet ao ambiente e sugere a atmosfera ideal para as reuniões descontraídas com os amigos.

O toque final é dado pelos objetos de decoração, como a prancha de surfe acoplada à estante, datada dos anos 1970. Na vegetação, samambaias e as espécies chifre-de-veado e jiboia-limão garantem a manutenção do clima tropical e intimista do ambiente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s