As bem traçadas linhas dos 30 ambientes de CASA COR Pernambuco

Materiais in natura e novos revestimentos convergem em ambientes pautados por linhas retas que inspiram funcionalidade e beleza

Por Luciana Andrade Atualizado em 23 fev 2018, 11h48 - Publicado em 24 nov 2015, 13h32

O briefing recebido neste ano pelos 46 arquitetos participantes de CASA COR Pernambuco pode ser resumido em um conceito: brasilidade. Essa ideia comandou os 30 espaços apresentados – com curadoria de Pedro Ariel da Editora Abril – que compõem um percurso de 2 mil m² de área construída. A sede (ou melhor, as sedes) são duas mansões conectadas, na orla do bairro da Piedade.

Em conjunto, os projetos apresentam um olhar sensível à elegância, ao conforto e ao lifestyle brasileiro na 18ª edição do evento. Entre as soluções apresentadas, destaca-se o uso de cores e matérias-primas nativas e a valorização da cultura pernambucana. Outras tendências mapeadas são as estampas tropicais e geométricas, o uso de cobogós e de outros elementos vazados, os revestimentos 3D ou que imitam pedras nobres e as superfícies livres de excessos que destacam o desenho apurado de móveis, nichos e painéis.

CASA COR PERNAMBUCO

Onde: Avenida Beira-Mar, 900 – Piedade – Jaboatão dos Guararapes

Quando: Até 8 de dezembro

Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

A visitação é de terça a sexta, das 16h às 22h; aos sábados e feriados, das 13h às 22h; e aos domingos, das 13h às 20h.

Continua após a publicidade
Publicidade