5 tendências da CASACOR Bolívia 2017

A mostra deste ano já chegou ao fim, mas continua inspirando a todos com suas ideias e referências que privilegiam a natureza

Por Victor Lessa Atualizado em 19 Maio 2017, 16h52 - Publicado em 19 Maio 2017, 16h05

A CASACOR Bolívia ficou em cartaz até o dia 13 de maio e exibiu trabalhos de 56 profissionais, entre arquitetos, designers e paisagistas, que assinavam os 33 ambientes da mostra. No evento, além dos espaços, o que brilhou também foi a natureza. Realizada numa quinta urbana (pequeno sítio dentro de uma cidade),  com cerca de 5 mil m², em Santa Cruz de la Sierra, a edição de 2017 estava avizinhada de cerca de 100 variedades de árvores, arbustos e outras espécies de plantas, que não apenas compunham o entorno do lugar, mas também eram incorporadas aos projetos pelos profissionais.

O clima verde da CASACOR, evidenciou a presença de alguns estilos nos projetos, que exploraram o rústico e os elementos naturais, como o ferro, a pedra, o metal e a madeira. Elegemos algumas tendências desta edição, que você confere a seguir.

Valorização da natureza com preservação de árvores e uso de flores e plantas

PARABANÓ – CARLOS X. ARAÚZ, ERWIN AMELUNGE E VERÓNICA MELGAR. Papagaios, periquitos e araras que habitam casinhas de argila inspiram o cenário, que funciona como um escritório que se estende até o happy hour. Tijolinhos, madeira e o piso invadido pela estampa de folhagens garantem o clima tropical do ambiente, vivenciado sob a generosa copa da árvore. Alvaro Mier/CASACOR

Estética Brutalista

PATIO URBANO – JOSÉ FREDDY VACA E ROLANDO SCHRUPP. Um arquiteto e um engenheiro se unem para inovar a partir da simplicidade. Estruturas em concreto sustentam redes e convidam a relaxar no espaço ao ar livre, em um delicado equilíbrio entre o tecido cru, o concreto cinza e o verde da exuberante natureza ao redor. Alvaro Mier/CASACOR

Estilo Rústico

LA VINOTECA… PASIÓN POR EL VINO – LISSY AÑEZ, PATRICIA FIASCHETTI E VERÓNICA PAZ. Pedras naturais e tijolos se revezam nas paredes e tornam o espaço acolhedor, com um toque rústico. O metal é adicionado para contrastar, empregado nas estruturas cortadas a laser que se transformam em expositores de vinhos. Alvaro Mier/CASACOR

Estilo Clássico

SALA PRINCIPAL – CAROLINA RIVERO, LILIANA RIVERO E RUDY RIVERO. O bronze é uma das apostas da dupla para este ano, com certo apelo art déco. A madeira aquece a composição, que também traz as cores cálidas dos quadros de Fabricio Lara e José Moreno. Alvaro Mier/CASACOR

Estilo Metalizado

CASA DE DESCANSO – SIRIA GARCIA. Com 275 m², a casa foi construída em apenas 20 dias e traz estrutura metálica. O chão de cimento queimado, as paredes de tijolos, o teto de madeira e os desenhos que permeiam as grandes superfícies criam um verdadeiro refúgio – e são elementos em comum de vários ambientes, reforçando a integração entre eles. Alvaro Mier/CASACOR

 

Continua após a publicidade
Publicidade