Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono

Localizado em Mountain View, Califórnia, o campus Bay View, assinado pelo BIG e Heatherwick Studio, possui um combinado de 50 mil placas solares

Por Redação Atualizado em 6 jun 2022, 17h48 - Publicado em 2 jun 2022, 16h00
Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

Projetado pelo BIG e Heatherwick Studio, o Google acaba de inaugurar seu novo campus, Bay View, localizado na cidade de Mountain View, na Califórnia. 

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

Com 92 mil m2, o campus contém dois prédios. Cada estrutura é coberta por um telhado em forma de tenda composto por um sistema de painéis curvos equipados com um combinado de 50.000 placas solares que podem gerar quase 7 MW de energia.

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

Os níveis superiores dos dois prédios foram projetados com um piso flexível sob o dossel semelhante a uma tenda apoiado em finas colunas brancas.

Vários cubículos e partições foram usados para dividir as diferentes áreas de trabalho do Google.

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

Volumes cobertos foram colocados ao lado de divisórias de plantadores, enquanto cortinas e paredes transparentes seguem um layout de grade para criar uma sensação de “vizinhança“.

Continua após a publicidade

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

“O projeto do segundo andar tem variações nas placas de piso para dar às equipes uma área designada de ‘vizinhança’ que é altamente flexível para mudar de acordo com suas necessidades”, disse o Google.

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

Como resultado dos painéis solares do edifício, e dos parques eólicos próximos, a empresa explica que o edifício será alimentado por energia livre de carbono 90% do tempo. 

Novo campus do Google é alimentado por energia livre de carbono
Iwan Baan/CASACOR

De acordo com o Google, espera-se que o campus atenda à certificação LEED-NC v4 Platinum, além de se tornar a maior instalação a obter a certificação LBC Water Petal do International Living Future Institute – uma certificação que reconhece a reutilização de águas residuais e pluviais.

As estruturas são cercadas por 17,3 acres de paisagens naturais, incluindo pântanos e bosques, que fazem parte de uma iniciativa do Google para restaurar habitats naturais na área da baía mais ampla da Califórnia.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade