Maior complexo de energia solar da América Latina fica no Piauí

O empreendimento da Enel Green Power Brasil evita que mais de 600 mil toneladas de CO2 sejam liberadas para a atmosfera por ano

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 9 jan 2021, 16h06 - Publicado em 8 jan 2021, 10h00
Vários paineis solares alinhados
Reprodução/CASACOR

Segundo a Organização das Nações Unidas, o investimento em energia solar tem batido recordes no mundo: no ano passado, foram mais de US$ 160 bilhões em recursos. O Brasil é um dos países com mais capacidade de explorar a matriz fotovoltaica, já que a incidência média no território é de 5,4 kilowatt-hora/m², número superior ao dos Estados Unidos, China e Alemanha.  Ainda que no começo, o uso desta fonte de energia cresceu 407% em relação a 2017. Exemplo disso é a construção do maior parque solar da América do Sul, no Piauí.

Vista aérea do complexo
Reprodução/CASACOR

O empreendimento da Enel Green Power Brasil terá capacidade instalada de 475 megawatts e ficará no município de São Gonçalo do Gurguéia. Em 2020, quando em funcionamento pleno, os painéis solares evitarão que mais de 600 mil toneladas de CO2 sejam liberadas para a atmosfera por ano. A energia necessária para as obras – as quais custarão cerca R$ 1,4 bilhão – também será gerada com as próprias placas fotovoltaicas.

Casa com cobertura de telhas. Sobre as telhas, placas solares
Reprodução/CASACOR

Além do complexo, é fundamental ressaltar o barateamento dos equipamentos de geração de energia solar graças a subsídios governamentais, o que estimulou sua adoção em casas e empreendimentos privados.

Publicidade