EcoLogicStudio apresenta dois projetos ambientalistas na COP-26 em Glasgow

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas

Por Marina Pires Atualizado em 5 nov 2021, 14h07 - Publicado em 8 nov 2021, 15h00
A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
NAARO/CASACOR

A ecoLogicStudio, empresa de arquitetura e inovação liderada por Claudia Pasquero e Marco Poletto, apresenta dois projetos relacionados à poluição do ar e à neutralidade de carbono na  26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas que está acontecendo até 12 de novembro em Glasgow, Escócia: a eco-máquina purificadora de ar Air Bubble e o sistema arquitetônico BioFactory.

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
André Cepeda/CASACOR

Ambos os projetos de pesquisa em andamento foram desenvolvidos de acordo com alguns dos principais objetivos do evento, como atingir zero emissões líquidas até meados deste século, proteger e restaurar ecossistemas, e construir de infraestruturas resilientes.

Air Bubble: eco-máquina de purificação de ar

 

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
NAARO/CASACOR

Após o bem-sucedido projeto de playground biotecnológico Air Bubble construído em Varsóvia, na Polônia, o ecoLogicStudio lança a eco-máquina purificadora de ar Air Bubble, que foi instalada em frente ao Centro de Ciências de Glasgow, na área da Zona Verde da COP26. 

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
NAARO/CASACOR

A eco-máquina é feita de 99% de ar, água e culturas de Chlorella purificadoras de ar fotossintéticas vivas. Este novo projeto bio-digital demonstra como a integração avançada da biotecnologia no ambiente construído pode levar a uma nova geração de arquiteturas vivas e crescentes, onde beleza e desempenho ecológico eficiente são combinados.

O projeto incentiva os visitantes, e especialmente as crianças, a interagir diretamente e experimentar as capacidades de purificação do ar das culturas de microalgas, enquanto se imergem em uma bolha de oxigênio recém-metabolizada. A maciez lúdica da estrutura orgânica é uma manifestação direta da biotecnologia que ela integra.

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
NAARO/CASACOR
Continua após a publicidade

A Air Bubble também é o primeiro biorreator pneumático do ecoLogicStudio. Ele contém 6.000 litros de água, sustentando 200 litros de culturas vivas de Chlorella, filtrando 100 litros de ar urbano poluído a cada minuto.  

Sistema de arquitetura BioFactory

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
André Cepeda/CASACOR

O ecoLogicStudio revelou recentemente o sistema arquitetônico BioFactory que transformará a maneira como se vê a arquitetura industrial

O sistema, que integra fotobiorreatores de algas no revestimento de membrana, é adequado tanto para edifícios comerciais quanto para depósitos de fábricas. 

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
André Cepeda/CASACOR

Dentro do modelo arquitetônico da BioFactory a convergência entre automação, inteligência artificial e biotecnologia visa transformar o papel dos funcionários da fábrica que ganham agenciamento sem precedentes no processo produtivo.

A eco-máquina purificadora de ar e o sistema de arquitetura BioFactory são infraestruturas resilientes que buscam proteger e restaurar ecossistemas
André Cepeda/CASACOR

Da computação avançada à micro-agricultura, ao bio-design e à culinária e jardinagem do futuro, a BioFactory promove uma atitude proativa exemplificada pelos aspectos fundamentais do cultivo, colheita e processamento de matéria orgânica viva.

O primeiro esquema piloto de BioFactory foi instalado em Lisboa, na sede da Nestlé, como resultado de um dos Desafios de Inovação em Sustentabilidade da InGenius – Nestlé’s Employee Innovation Accelerator.

Continua após a publicidade

Publicidade