CASACOR SP pretende reduzir 20% da produção de resíduos em 2019

A meta é deixar de produzir 450 toneladas dos mais diversos resíduos em todas as fases do evento e dar a destinação adequada para o restante

Por Fernanda Drumond - Atualizado em 17 fev 2020, 16h40 - Publicado em 14 mar 2019, 14h49
Rafael Renzo/CASACOR

Desde 2014, a CASACOR possui ações voltadas para a sustentabilidade e, com a missão de ser modelo em arquitetura, design de interiores e paisagismo, assumiu em 2016 o compromisso de buscar a certificação ISO 14.001 até 2020.

Rafael Renzo/CASACOR

Em 2018, de acordo com o relatório de sustentabilidade publicado, a mostra de São Paulo adotou uma série de medidas e soluções alinhadas com o Plano de Sustentabilidade CASACOR 2020. De 2.323,73 toneladas de resíduos gerados, 99,3% foram desviados de aterros sanitários, sendo reaproveitados ou reciclados. A quantidade total de resíduos gerados foi 8% inferior à meta estipulada, o que representou uma diminuição de 41,55 kg em cada metro quadrado de ambiente decorado.

Rafael Renzo/CASACOR

Mesmo atendendo à meta, a organização do evento percebeu a necessidade de redução da quantidade absoluta da geração de resíduos para o próximo evento. Portanto, para 2019, há uma meta de redução de 20% do volume total de resíduos gerados em todas as fases da CASACOR São Paulo. “Estamos falando de mais de 450 toneladas dos mais diversos resíduos, pois melhor que reciclar é não gerar,” explicou o arquiteto da mostra Darlan Firmato.

Divulgação/CASACOR

No ano passado, a CASACOR sugeriu a execução de construções com tecnologia a seco, obtendo alguns resultados dos participantes. Como os projetos obtiveram sucesso e muito retorno do público e contatou-se a possibilidade real de aplicação dessas tecnologias, na edição 2019, as alvenarias só poderão ser realizadas após comprovação técnica e exigência funcional. “Dessa forma, vamos promover o banimento das alvenarias que não tenham função técnica, por sermos um evento de arquitetura efêmera”, completa o arquiteto.

Felipe Araújo/CASACOR

Os sistemas de construção industrializados aliam precisão, ganhos significativos de tempo e benefícios ainda maiores para o meio ambiente. O uso das estruturas modulares resistentes, planejadas e montadas com agilidade evitam o desperdiço de recursos naturais, principalmente água, sem canteiros de obras ou tijolos.

Divulgação/CASACOR

O elenco da mostra terá o desafio de aliar sustentabilidade, afeto e tecnologia sob o tema Planeta CasaO conceito foi criado na tendência do lar como universo particular de cada indivíduo, onde as mudanças e conexões surgem e transformam o entorno e a comunidade. A união disso tudo representará um lar perfeito para viver e expressar o amor pela vida, usufruindo das novas facilidades contemporâneas e respeitando o meio ambiente.

Divulgação/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade