Artboard Created with Sketch.

CASA COR SP 2016: Um espaço inspirado no pintor Lasar Segall

Pautado nos traços modernistas do pintor Lasar Segall e nas antíteses sensoriais, Pedro Lázaro assinou o Espaço das Interlocuções na mostra paulista

02-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

Um espaço idealizado a partir dos móveis do pintor Lasar Segall e que se pauta também no contrates marcados por antíteses sensoriais. Esse foi o Espaço das Interlocuções, de Pedro Lázaro, na CASA COR São Paulo 2016.

01-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

Inspirado pelo estilo modernista do pintor, que criou móveis para sua própria residência, Lázaro traz um projeto com as mesmas concepções arquitetônicas explorando a riqueza histórica desse período.

04-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

O espaço é marcado por várias peças reeditadas do pintor pela Etel, como o sofá Conversadeira, a mesa lateral, a cadeira em madeira e o tapete gráfico, que valoriza e dá um charme ao piso em granito Ouro Negro.

05-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

Sobre a interlocução proposta pelo ambiente, segundo o profissional os “contrastes nítidos permeiam todo o espaço e refletem a natureza do ser”. A cortina de veludo em quatro cores se contrapõe a luz natural que invade o espaço, já a iluminação dramática em sua concepção, gera momentos claros e escuros num estimulante jogo de luz e sombras. Paredes de concreto bruto se relacionam tranquilamente com o balcão maciço revestido em uma textura ouro metalizado que recebe um sino em bronze datado do sec. II A.C. – esta peça possui desenhos impressos que lembram o trabalho de Frank Stella. Ao lado, cerâmicas de Máximo Soalheiro para possíveis refeições. 

06-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

Pode-se perceber uma disposição nada convencional de cadeiras e poltronas que são verdadeiros convites a fazer delas o que se queira; sente-se, leve-as para lá ou para cá, ou apenas aprecie suas inexoráveis belezas.

03-espaco-interlocucoes-casacorsp2016

 (/)

As obras de arte completam e finalizam o conceito do espaço, em contraposições de artistas, tempos, sensações e emoções. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.