Artboard Created with Sketch.

Ambientes da CASA COR PR 2016 exploram os sentidos dos visitantes

A mostra apresenta espaços que aguçam os sentidos do público com criatividade e estilo

Elementos visuais, aromas, texturas e sons: tudo pode ser trabalhado para configurar um espaço de sensações. Neste ano, a CASA COR Paraná apresenta ambientes criativos que evocam o agradável e transmitem o sentimento de aconchego do lar. Do uso de fragrâncias ao papel de parede 3D, os profissionais da mostra demonstram de que forma as diferentes percepções ajudam a criar espaços de personalidade.

Eduardo_Macarios_130616_CG_0015 Eduardo_Macarios_130616_CG_0047

O ambiente Estar Íntimo da Família foi assinado pela arquiteta Carla Grüdtner para seguir um estilo intimista e contemporâneo. Desenhado em linhas retas e simples, o espaço proporciona a sensação de acolhimento, que é possibilitado pela mistura da madeira, pelos tecidos especiais em tons pastéis e pela lareira que une a família. Os tecidos especiais, como o papel de parede em 3D e o couro, são o grande destaque deste ambiente sensorial. A composição entre estes materiais especiais visa explorar o tato e criar um visual agradável para a área de estar. Para estabelecer a coerência com a textura da parede, Carla Grüdtner acomodou no espaço o nobre sofá de couro da Natuzzi, da Ton Sur Ton, que, além de ser um diferencial para o tato, pode estimular o olfato de quem tem preferência pelo cheiro do material.

Home-Íntimo-do-Casal_Mariana-Paula-Souza_Marcelo-Stammer-(9)

Outro espaço que integra as sensações é o Home Privativo do Casal, projetado pela arquiteta Mariana Paula Souza. Para priorizar o conforto e a funcionalidade, a profissional apostou na aplicação de itens funcionais – como a central de aspiração e o piso aquecido – e na tendência do mix de texturas no padrão de tonalidades neutras. Para estimular o tato, Mariana usou na medida certa a mescla entre a pele na parede, o papel no teto e o veludo ao redor da parede que recebeu o neolith. “É a mistura de quatro revestimentos, somente pelo mesmo tom, que proporcionam quatro sensações diferentes”, destaca a arquiteta. Além do sentido tátil, houve a preocupação em preservar os sons agradáveis, o que foi possibilitado com uma melhora da acústica por meio do teto rebaixado em dry wall.

Haute-Design_Nilson-Torres_Marcelo-Stammer

Assinado pelo designer de interiores Nilson Torres, o Banheiro para Eles e Elas resgata o conceito de industrial chic ao pautar suas referências no mundo da moda. O primeiro aspecto sensorial é apresentado pela combinação de peças brutas, como as luminárias de ferro de autoria do designer, com itens sofisticados como as torneiras suspensas e as descargas com sensor de presença. A experiência sensitiva da descarga tecnológica acontece de acordo com o tempo em que o usuário permanece em frente ao raio de captação do sensor. No grande hall de entrada, o diferencial do espaço é demarcado pelo piso em mármore de paginação característica de tecido chevron, que também possui texturas perceptíveis ao toque dos pés.

Home-Office_Larissa-Gomes_Fotos-Marcelo-Stammer-(0)

O Home Office da designer de interiores Larissa Gomes foi desenvolvido como um ambiente envolvente e de leitura sensorial diferenciada. A escolha da profissional pelo uso de lâmina de madeira natural, por si só, reflete a intenção de despertar uma experiência visual única, devido à nobreza do material. Para criar um espaço de personalidade, a profissional ainda optou por aguçar os outros sentidos do público por meio de uma fragrância – escolhida entre outras 100 essências testadas pela designer – e de uma playlist de músicas elaborada exclusivamente para o home office. Sobre os materiais e composições que ajudam a criar um espaço sensorial, a profissional também destaca a importância de utilizar no décor os objetos que trazem boas lembranças para o morador: “Respeitar a história de vida do cliente e manter o que é importante para ele, dentro do projeto, cria uma atmosfera sensorial única. Emoção pura!”.

SERVIÇO CASA COR PARANÁ 2016

QUANDO? 21 de junho a 31 de julho de 2016

Terça a sexta – das 15h às 21h

Sábado – das 13h às 21h

Domingo – das 13h às 19h

ONDE? Prédio histórico da Editora Grupo Paulo Pimentel -Rua João Tschannerl, 880 – Vista Alegre.

QUANTO? R$ 44 (Inteiro) | R$ 22 (meia)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s