Pedra Esculpida é a Cor do Ano da Coral em 2021

A tonalidade é fruto de um estudo das tendências, comportamentos e questões que se revelaram em 2020 e apontam o caminho para o ano seguinte

Por Redação 11 set 2020, 14h58
Divulgação/CASACOR

A cor do ano de 2021 não poderia ser como as outras. Em um momento inimaginável, com as pessoas em isolamento social, a casa tornou-se um ambiente permanente, um porto seguro. Pensando nisso, o ColourFutures – estudo global de tendência de cor e comportamento da AkzoNobel – concebeu a Pedra Esculpida, uma tonalidade que inspira um futuro mais tranquilo. “A cor Pedra Esculpida nos conecta de volta à natureza e às coisas simples. Com um tom neutro quente e natural, ela permite que outras tonalidades brilhem e fornece uma base sólida para a vida. É uma cor forte e da terra, que evoca estabilidade, crescimento e potencial, ajudando a criar um ambiente e a dar a coragem necessária para se abraçar as mudanças que vem por aí”, diz Fernanda Figueiredo, gerente de Comunicação e Colour Design de Tintas Decorativas da AkzoNobel na América do Sul.

Na decoração, Fernanda explica que “Os tons naturais funcionam facilmente em uma casa ao criar uma tela calorosa e neutra que permite outras cores ganhem evidência. Alicerce vigoroso de qualquer ambiente, ao atuarem tão bem juntas, as tonalidades selecionadas dão a possibilidade de sermos criativos com cores e também formas geométricas complementares”.

Divulgação/CASACOR

Para a diretora de criação do Centro de Estética Global da AkzoNobel, Heleen Van Gent, a paleta de cores de 2021 foi um desafio. “Todos enfrentamos experiências que parecem desconectadas do mundo moderno. Mas também descobrimos algo muito mais positivo: a solidariedade entre pessoas que não se conhecem e o fato de que, juntos, podemos fazer coisas extraordinárias. Agora é a hora de encontrar a coragem de nos levantarmos e seguirmos em frente. Nossa casa continua sendo nosso santuário, o lugar perfeito para que possamos nos readaptar, nos renovar e recarregar as energias. Assim, nossa Cor do Ano é uma tonalidade que fala sobre equilíbrio, estabilidade e potencial”.

A Pedra Esculpida é uma cor versátil, que muda de tom dependendo do momento do dia e das outras cores que a acompanham. Ela é uma base sólida e neutra sobre a qual a outros tons podem se apoiar e ressaltar suas nuances, criando diversas possibilidades de design. A partir da Pedra Esculpida, foram criadas quatro paletas, cada uma com uma perspectiva diferente acerca de tendências atuais.

Tendência 1: Autoconfiança

Divulgação/CASACOR

Esta paleta foi inspirada nas pessoas que fizeram a transformação e defenderam o que acreditavam com paixão, empatia e energia. O destaque são para as lideranças femininas que se tornaram as mais eficazes e proeminentes no combate ao coronavírus.

Divulgação/CASACOR

Cores expressivas: Tonalidades fortes despertam e estimulam a autenticidade. Positivas, energizantes e surpreendentes, podem aumentar a criatividade e o pensamento livre, permitindo que as pessoas definam um ambiente em que possam realmente expressar a personalidade e reforçar o senso de identidade. O tom quente de base da Pedra Esculpida aproxima esses tons para, juntos, propiciar uma sensação integrada e equilibrada a qualquer espaço. Suntuosas, mas sem exageros, são cores que incentivam a criatividade em todos os lugares, tais como: Bronze Tibetano, Vermelho Blefe, Vermelho Henna, Chá Dançante, Presente Romântico, Luxo Moderno, Campo de Alfazemas, Vestido de Boneca e Cereja Intensa.

Tendência 2: Solidariedade social

Divulgação/CASACOR

Ainda que separadas, pessoas do mundo todo provaram ser possível se manterem unidas pelo sentimento de solidariedade e empatia. Por meio da tecnologia, famílias e amigos se mantiveram próximos e conectados, conversando, trabalhando e criando juntas. Esta experiência mostra a potência e a positividade do esforço da comunidade e do trabalho em equipe.

Continua após a publicidade
Divulgação/CASACOR

Cores para unir: Argila, turfa, giz, barro. Esses tons são refletem as pessoas do mundo todo e carregam consigo a ideia de comunhão. Os cinzas e marrons neutros se combinam facilmente aos materiais naturais como cobre e cerâmica e transmitem equilíbrio. São cores capazes de suavizar as linhas mais duras de um ambiente contemporâneo e trazer uma sensação de calor e intimidade: Pena Prateada, Amêndoa Confeitada, Marrom do Século, Cinza Fóssil, Corços Brancos, Teatro Barroco, Marrom Havana, Marrom Ardósia e Céu Cinzento.

Tendência 3: Reavaliar o passado

Divulgação/CASACOR

É tempo de reflexão e autocrítica. A cada dia fica claro que precisamos valorizar o futuro por meio do reconhecimento do passado. O amanhã só é possível ao se revisitar os padrões de consumo, superar os modismos e valorizar as raízes ancestrais, mesmo que a sociedade seja imediatista. Por isso, os ambientes devem abraçar as tradições e terem estilos atemporais, que contam histórias de gerações.

Divulgação/CASACOR

Cores atemporais: essa paleta é uma mescla de tradição e contemporaneidade. Tons inspiradores de amarelos e ocres, equilibrados com neutros e a Cor do Ano, podem ajudar a criar um pano de fundo contemporâneo clássico que funcionará com qualquer combinação de móveis sem envelhecer. Sozinhas ou em combinações criativas, essas cores aquecem e energizam, sem sobrecarregar. São elas: Vista do Imperador, Cappuccino, Ouro Monarca, Creme Brulée, Teia de Aranha, Silêncio de Inverno, Branco Barbante, Branco Europeu e Cobre Suave.

Tendência 4: Consciência ambiental

Divulgação/CASACOR

Mais do que nunca é imprescindível reduzir, com urgência, nosso impacto no planeta, assim como encontrar maneiras de fazer as coisas de formas diferentes e mais sustentáveis. O presente momento nos leva a reconsiderar a nossa relação com o mundo de uma forma geral: o que realmente importa, do que precisamos. Fazer pequenas mudanças na maneira é um passo importante para a criação de um legado positivo para a próxima geração. E a nossa casa tem um papel central nesse cenário. As pessoas têm buscados formas de trazer a natureza para o interior de suas casas A busca por espaços com simplicidade, reuso e reparos, responsabilidade ambiental e tradição deram origem à paleta Cores do planeta.

Divulgação/CASACOR

Cores do planeta: os tons do mundo natural – o mar e o céu, a grama e as árvores, o solo – ecoam nos azuis, verdes e marrons dessa seleção. Essas cores podem trazer a sensação de calma e reequilíbrio ao espaço e, em harmonia com Pedra Esculpida e materiais naturais, ajudar a criar o início de um modo mais simples de viver. Fazem parte dessa paleta que proporciona combinações inteligentes as cores Praça no Inverno, Jardim da Meia-noite, Mistério do Oceano, Blueberry, Vento Suave, Tempestade Iminente, Melodia Suave, Esgrima e Mica Negra.

Continua após a publicidade
Publicidade