Artboard Created with Sketch.

Instalação do Guto Requena é uma declaração sobre igualdade e direitos

O artista e arquiteto criou a instalação “Meu coração bate como o seu” como forma de denúncia à violência contra LGBTs no Brasil

 (Divulgação/CASACOR)

Na Praça da República, uma grande estrutura – feita com cilindros de aço de carbono industrial, nas cores da paleta da diversidade – quebra a hostilidade do centro de São Paulo. Trata-se da obra Meu coração bate como o seu, de Guto Requena. Ele foi – junto de outros três artistas envolvidos na produção de arte pública – convidado pela Intel e pela National Geographic para criar obras que envolvam tecnologia e design para abordar questões sociais e urbanas. O resultado foi filmado e transformado na série Hack the City.

 (Divulgação/CASACOR)

O memorial de Guto possui uma inspiração triste: segundo a Anistia Internacional, o Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo. “É uma grande honra, estou super feliz em participar desse projeto, dessa entrega para a cidade. Estamos celebrando 40 anos de ativismo LGTB+ no Brasil e esse memorial é uma homenagem a esse ativismo”, afirma o arquiteto.

 (Divulgação/CASACOR)

No interior da obra, caixas de som tocam depoimentos de ativistas e, ao anoitecer, o nome da obra ganha um sentido especial, luzes pulsam no ritmo de batimentos cardíacos. Cada participante pode colaborar, enviando um depoimento pelo aplicativo Whatsapp, com até três minutos de duração, alguns deles serão selecionados para compor a instalação.

 (Divulgação/CASACOR)

Mais informações, no site da National Geographic.

Inauguração da Instalação “Meu coração bate como o seu”.

Onde?

Praça da República, Centro, São Paulo

Quando?

21 de setembro das 18h às 21h

Ficha Técnica:

Criação FOX Lab: Wladimir Winter, Dudi Rostirolla, Leonardo Neumann, Henrique Molina e Bruno Santos

Head Produção FOX Lab: Leonardo Haar

Direção: Wladimir Winter

Assit. de Direção: Juliana Cabral

Diretora de Arte: Paula Albuquerque

Diretora de Produção: Didi Lima

Diretor de Fotografia: Glauco Firpo

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.