Estúdio Rek0de cria obras surrealistas com recursos digitais

As fotografias contam com intervenções em render para se tornarem fantásticas e instigarem o espectador a questionar a realidade

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 17 fev 2020, 16h49 - Publicado em 9 out 2018, 18h31
Reprodução/CASACOR

Conforme a tecnologia avança, fica cada vez mais difícil determinar o que é realidade e o que é ficção. Os recursos gráficos são tão convincentes, que até mesmo uma mão gigante sobre um prédio pode parecer verdade aos olhos. É exatamente o surrealismo que o estúdio Rek0de explora em suas obras.

Cada imagem, ou vídeo apresenta elementos fantásticos colocados em locações reais, ou modelos reais. Sua mais recente “intervenção” é chamada “841 bio-degradable balloons”, um verdadeiro teste de percepção para o espectador. Trata-se da inserção de balões biodegradáveis (uma vez que são digitais) no prédio Barbican, em Londres. Através da criatividade inteligente, o real se torna irreal, e o irreal se torna realidade: até mesmo encher uma construção com balões.

View this post on Instagram

03/09/18 – П-55 | Strogino [#onpoint] – – …second instalation with my good friend @apxutektypa1. The residents are still in this building but they allowed us to stick a giant hand to the side of it. The hand is made from real human skin. 👇 #truestory – – #surrealism #concept #scifiart #surreal42 #lucidscreen #thegraphicspr0ject #mdcommunity #creativeoptic #bmxstreet #lookup #weeditit #cgaexcellence #fa_hypnotic #plsur #awesome_surreal #howiseedatworld #minimalism42 #viuarts #brutal #brutalism #vfxnews #meanwhileinrussia #me @designboom @motiondesigners @watchdust @ifyouhigh @mindtricked @juxtapozmag @nowness @streetviewlondon @streetartnews @taxcollection @love.watts

A post shared by REK0DE (@rek0de) on

Continua após a publicidade

De forma irônica e provocativa, a conta do Instagram do Rek0de não deixa completamente explícito que seus trabalhos consistem em renders, enganando (e divertindo) muitos internautas desprevenidos. A legenda da obra com a mão gigante consta “os residentes ainda estão no prédio, mas nos deixaram grudar uma mão gigante na lateral. A mão é feita de pele humana. #truestory”.

View this post on Instagram

04/02/18 – ACCELERATOR E14 B – – #3d #octanerender #abstractart #asmr #surrealism #c4d #graphicdesign #scifiart #surreal42 #lucidscreen #thegraphicspr0ject #thedarkpr0ject #mdcommunity #weeditit #cgaexcellence #fa_hypnotic #d_expo #scifidaily #awesome_surreal #howiseedatworld #empireoffuture #minimalism42 #xuxoe #viuarts #pink #particles #docklands #dlr @designboom @motiondesigners @watchdust

A post shared by REK0DE (@rek0de) on

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade