Artboard Created with Sketch.

Benedito Abbud participa de bate-papo com o público na CASACOR MG

Além dele, outros profissionais participarão do "Casa, Cor e Conversa", um espaço dedicado a palestras, talks e mesas redondas. Confira a programação!

CASA_COR_CONVERSA_(1)

Além de ambientes decorados pelos melhores arquitetos, designers de interiores e paisagistas, a CASA COR Minas Gerais criou o “Casa, Cor e Conversa”. Espaço dedicado a um bate-papo com o público realizado por profissionais das áreas de fotografia, comunicação, arquitetura, design, inovação e tecnologias. No dia 2 de setembro, às 19h30, Benedito Abbud, criador da “Se essa rua fosse minha…”, a calçada da CASA COR São Paulo, falará sobre Cidades mais verdes, mais sustentáveis e humanas.

Calçada - Casa Cor 2015 - Crédito Felippe Abbud

Confira a agenda completa:

Quinta, 03 de setembro, às19h30 — [palestra] O futuro da Pampulha. Arquitetos e moradores analisam o contexto da região e discutem quais os prováveis cenários da Pampulha para as próximas décadas.

Sexta, 4 de setembro, às 19h30 — As vantagens da Pampulha como Patrimônio Cultural da Humanidade com Jurema Machado e Luciana Feres. O Conjunto Arquitetônico da Pampulha concorre ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Qual impacto isso terá na região?

Terça, 08 de setembro, às 19h30 — [mesa redonda] Inovação e empreendedorismo com Francis Leonardo da Risü, Fernando Sandes do Onde fui roubado, Roberta Vasconcellos da Tysdo e Thiago Raydan da Órbita e Engenheiros da Alegria. Mesa redonda para discutir modelos de negócios inovadores.

Quinta, 10 de setembro, às 19h30 — [mesa redonda] Metal suave com João Diniz, Beatriz Quaresma e Iara Napoli. Dois arquitetos e uma engenheira discutem as possibilidades do metal na arquitetura e design de interiores.

Sexta, 11 de setembro, às 19h30 — [mesa redonda] Pensando a cidade com Quadra Estúdio Criativo, Uber e Fernando Tourinho. As pessoas vivenciam a cidade da mesma forma que há 10 anos? O que mudou?

Sábado, 12 de setembro, às 14h — Lançamento da revista Ernesto: uma publicação independente que perpetua história inspiradoras e legados eternos, capazes de empurrar você para fora do lugar comum.

Terça, 15 de setembro, às 17h — [palestra] Acervo arquitetônico e paisagístico da Pampulha com Flávio Carsalade. A Pampulha como um acervo vivo de Niemeyer e Burle Marx.

Quarta, 16 de setembro às 19h30 — [mesa redonda] Belo Horizonte, que história é essa? com Bernardo Biagioni e Lucas DurãesComo a transformação acontece através da ressignificação da cidade, tanto em seus espaços privados quanto nos públicos?

Quinta, 17  de setembro, às 19h30 — [palestra] Novos parâmetros para uma arquitetura sustentável com OptPower e Brilia. Duas empresas discutem novas soluções e contextos da sustentabilidade na arquitetura

Sexta, 18 de setembro, às 19h30 — [mesa redonda] O uso da internet para divulgação de projetos de arquitetura e interiores com bim.bon + You can find + Arch Daily + Note Decor. A estratégias de comunicação digital – canais disponíveis, mídia recomendadas, portfólio online – como usar a internet como aliado no fortalecimento de marca.

Terça, 22 de setembro, às 19h — [mesa redonda] Modelagem 3D, render, realidade virtual: o futuro da visualização arquitetônica? com Gabriela Braga. A arquiteta e convidados discutem as possibilidades da imersão na realidade virtual dentro da arquitetura.

Quarta, 23 de setembro, às 19h30 — [palestra] Tendências e Mercado com Pedro Ariel e Pedro Lázaro. Para onde a arquitetura vai caminhar? Como o mercado vai se transformar?

Quinta, 24 de setembro, às 19h30 — [bate-papo] Clarissa Schneider diretora da Revista Bamboo. A partir de suas vivências, editora da revista vai compartilhar seu olhar sob a arquitetura e design.

Sexta, 25 de setembro, às 10h — [mesa redonda] Quanto tempo dura uma fotografia? com Jomar Bragança + Henrique Gualtieri + Luiza Ananias. Na arquitetura, ela pode ser um acervo inestimável. Fotógrafos discutem sua importância.

Terça, 29 de setembro, às 19h30 — [mesa redonda] Membranas compositórias e seu uso na arquitetura leve com Laura Nascimento. Formada pelo Institut d’Etudes Politiques de Paris, Laura vai compartilhar sua experiência com o uso de membranas compositórias.

Quinta, 01 de outubro, às 19h30 — [palestra] O Belo Brutal: arte e arquitetura entre o crime e a crise com Angélica Oliveira Adverse. A definição histórica do belo após o século XVIII oscilou entre o valor estético e o valor de uso. A estetização pragmática por meio da atitude de bom gosto alicerçou a cultura da distinção no campo das artes, da arquitetura e do design. O culto à beleza criou um relevo social definindo as hierarquias entre o gosto popular e o gosto da elite. Pensar a brutalidade do belo é também refletir sobre a construção de novos sentidos para a definição do bom ou do mau gosto. A indistinção entre o belo e o sublime confronta não apenas a estrutura hierárquica cultural baseada na virtude da distância entre a elite e a massa. É observar o caráter subversivo das subculturas que se reinventam a partir  do pós-industrialismo. O belo brutal é um reflexo da nova realidade social que faz emergir criações por meio das tensões do conceito de crime e de crise. Acesse o evento no Facebook aqui e convide seus amigos.

Os encontros acontecem de 2 a 29 de setembro no Cine Terraço, ambiente assinado pelo arquiteto Paulo Augusto Campos. A entrada na palestra está sujeita à lotação do espaço. Não se esqueça de que é necessário pagar a entrada da mostra.

CASA COR MINAS GERAIS 2015

Quando? 30 de agosto a 6 de outubro. Terça a sexta das 15h às 22h | Sábado das 13h às 22h | Domingo e feriados das 13h às 19h.

Onde? Alameda das Latânias, 30 – Bairro São Luis | Pampulha – Belo Horizonte.

Quanto? Terça a sexta – inteira R$ 40 – meia R$ 20 | Sábado e domingo – inteira R$ 50 – meia R$ 25.

Compre seu ingresso online aqui.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.