Artboard Created with Sketch.

Gustavo Neves cria uma nova coleção de mobiliário, a AEON

O profissional da CASACOR elaborou as peças para a galeria Legado Arte

 (Instagram/CASACOR)

O arquiteto Gustavo Neves, do elenco CASACOR, acaba de elaborar uma nova e bela coleção de mobiliário para a Legado Arte. O conjunto das peças chama-se AEON (lê-se Éon), uma palavra grega que significa período imensurável de tempo, ou seja, aquilo que remete ao início dos tempos: um design focado no primordial.

 (Instagram/CASACOR)

O estilo sóbrio e único de Gustavo foi destaque na CASACOR São Paulo. Na edição de 2016, a Sala de Banho, andrógena e repleta de referências históricas encantou os visitantes e, em 2017, a elogiada Suíte Black ganhou peças exclusivas desenhadas pelo arquiteto e também objetos dos Irmãos Campana.

Sala de Banho – Gustavo Neves. As texturas rústicas têm papel fundamental no ambiente, que traz banheira em pedra natural, piso em cimento queimado e paredes caiadas em tons de cinza, além de conservar a estrutura original. Neves também garimpou janelas de demolição dos anos 1940 e escolheu fotos de nus do brasileiro Ivan Erick para compor o espaço, que traz elementos da história do banho e do culto ao corpo.

Sala de Banho – Gustavo Neves. As texturas rústicas têm papel fundamental no ambiente, que traz banheira em pedra natural, piso em cimento queimado e paredes caiadas em tons de cinza, além de conservar a estrutura original. Neves também garimpou janelas de demolição dos anos 1940 e escolheu fotos de nus do brasileiro Ivan Erick para compor o espaço, que traz elementos da história do banho e do culto ao corpo. (Divulgação/CASACOR)

 

Gustavo Neves – Suíte Black. Sem artifícios, o preto comanda o ambiente nada comum. A alma é de metrópole – que o digam o estuque aparente e as paredes descascadas. Peças exclusivas dão personalidade, como a cama desenhada pelo próprio Gustavo, executada em madeira com tratamento de carbonização.

Gustavo Neves – Suíte Black. Sem artifícios, o preto comanda o ambiente nada comum. A alma é de metrópole – que o digam o estuque aparente e as paredes descascadas. Peças exclusivas dão personalidade, como a cama desenhada pelo próprio Gustavo, executada em madeira com tratamento de carbonização. (Denilson Machado/CASACOR)

Para a coleção AEON, materiais e técnicas rústicas são trabalhadas de maneira elegante. A motivação foi buscar o primitivo, a origem e a beleza em estado bruto. As rochas foram trabalhadas para atingirem as colorações e formatos apropriados sem alteração de suas propriedades naturais; o metal, cortado artesanalmente, não recebe nem pintura nem banho; e o acrílico, um delicado material que contrasta com os demais, vem exatamente para gerar e estranheza e o espanto em formas não usuais. O resultado são peças de crueza visual, mas de absoluto refinamento técnico e de conceito, um desafio para quem as vê.

 (Instagram/CASACOR)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.