Duas exposições simultâneas apresentam o trabalho de Ruy Ohtake

"O design da forma" e "A produção do espaço" ocorrem, respectivamente, no Instituto Tomie Ohtake e no Museu da Casa Brasileira

Por Redação Atualizado em 17 fev 2020, 16h40 - Publicado em 25 fev 2019, 17h26
Ruy Ohtake Reprodução

Um panorama da obra de Ruy Ohtake, desde recém-formado até projetos atuais, poderá ser conferido em duas exposições simultâneas em São Paulo. Enquanto o Museu da Casa Brasileira exibe cerca de 40 projetos construídos ou em construção na mostra Ruy Ohtake: A PRODUÇÃO DO ESPAÇO, com curadoria de Agnaldo Farias, o Instituto Tomie Ohtake traz a sua produção como designer, por meio de aproximadamente 25 peças selecionadas pelos curadores Fábio Magalhães, Marili Brandão e Priscyla Gomes em Ruy Ohtake: O design da forma.

Residência Tomie Ohtake por Ruy Ohtake Nelson Kon/CASACOR

As exposições visam aprofundar dois momentos (arquitetura e mobiliário), que delineiam iniciativas e pesquisas únicas, nas quais o arquiteto debruçou-se com uma inventividade formal pautada pelo risco. A última exposição, que situou em perspectiva o trabalho de Ohtake, ocorreu em 2008, na FAU-USP para celebrar os 60 anos da faculdade.

Ruy Ohtake: A PRODUÇÃO DO ESPAÇO

Embaixada Brasileira em Tóquio, por Ruy Ohtake Reprodução

A exposição no Museu da Casa Brasileira, feita em associação com o Museu Oscar Niemeyer, de Curitiba, apresenta ao público o singular pensamento espacial de Ruy Ohtake, um dos principais arquitetos brasileiros. Por meio de maquetes, desenhos, croquis, fotografias e vídeos, Agnaldo Farias concentra sua extensa produção de quase 60 anos num conjunto de 42 projetos.

Entre as obras selecionadas estão projetos urbanísticos, como o Parque Ecológico do Tietê; Parque Ecológico de Indaiatuba; Polo Educativo e Cultural e Condomínio Residencial de Heliópolis; e o Expresso Tiradentes. Já entre as edificações, estão: Hotel Unique, Complexo Aché Cultural, onde está abrigado o Instituto Tomie Ohtake, caracterizado por um grande saguão que articula oito salas de exposições e demais complementos da instituição, em São Paulo; Alvorada Hotel, em Brasília e a Embaixada do Brasil, em Tóquio.

Ruy Ohtake: O design da forma

Aparador Filipelli por Ruy Ohtake Reproduç˜/CASACOR

No Instituto Tomie Ohtake estão reunidas peças de mobiliário, objetos e materiais de acabamento criados por Ohtake. A partir de 1995, Ruy cria peças nos mais variados materiais: porcelanato, madeira, aço, vidro, porcelana de inovadora resistência e prata. O enfoque da apresentação destas peças busca destrinchar atentamente sua proximidade com o estudo dos materiais, seus comportamentos e limites, além de um entendimento atento às etapas de produção. A mostra reúne além de obras originais, desenhos, modelos volumétricos, vídeos e entrevistas com o arquiteto.


Serviço Ruy Ohtake: A PRODUÇÃO DO ESPAÇO

Quando?

De 26 de fevereiro a 19 de maio de 2019

Horário:

De terça a domingo, das 10h às 18h

Onde?

Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705

Continua após a publicidade

Quanto?

Entrada inteira: R$ 10

Meia-entrada: R$ 5

Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada | Gratuito aos finais de semana e feriados

Acessibilidade no local | Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local


Serviço Ruy Ohtake: O design da forma

Quando?

De 26 fevereiro 2019 a 14 abril 2019

Horário:

Terça a domingo, das 11h às 20h

Onde?

Instituto Tomie Ohtake – Av. Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros

Quanto?

Entrada gratuita

Continua após a publicidade
Publicidade