Artboard Created with Sketch.

Cadeira da EMECO mantém milhões de garrafas PET fora de aterros e oceanos

A 111 Navy - com a mesma forma da 1006 Navy, mas feita de 111 garrafas plásticas recicladas - foi lançada em 2010

 (Divulgação/ EMECO/CASACOR)

O PET, usado em bilhões de garrafas plásticas todos os anos, é provavelmente o plástico mais comum na Terra. Com o objetivo de mantê-lo fora de aterros e oceanos, em 2006, a Coca-Cola procurou a marca Emeco para resolver um problema ambiental – retirar as garrafas da Coca-Cola do aterro e transformá-las em um item icônico e durável.

 (Divulgação/ EMECO/CASACOR)

A empresa se comprometeu com o desafio do novo material e construiu uma cadeira resistente. O processo de desenvolvimento durou quatro anos e contou com a ajuda de especialistas da BASF.

 (Divulgação/ EMECO/CASACOR)

A 111 Navy – com a mesma forma da 1006 Navy, mas feita de 111 garrafas plásticas recicladas – foi lançada em 2010. “Embora o pioneirismo em um material totalmente novo e a reengenharia de um produto principal tenham sido um investimento significativo para nós, fiquei empolgado com o impacto do reuso do PET de milhões de garrafas. Transformamos algo que muitas pessoas jogam fora em algo que você deseja e mantém por muito, muito tempo ”, disse Gregg Buchbinder, da Emeco.

 (Divulgação/ EMECO/CASACOR)

Todos os anos, a cadeira 111 Navy mantém milhões de garrafas fora de aterros e oceanos.

[abril-veja-tambem]W3siaWQiOjg5NzY4LCJ0aXRsZSI6IkNhc2EgcGFyYSBtdWxoZXJlcyAmI3hFOTsgY29uc3RydSYjeEVEO2RhIGp1bnRvIGRhIGNvbXVuaWRhZGUgbG9jYWwgbm8gTWFycm9jb3MifSx7ImlkIjo4OTcwMiwidGl0bGUiOiJBcyA3IG9icmFzIGFycXVpdGV0JiN4RjQ7bmljYXMgbWFpcyBtYXJjYW50ZXMgZGFzIE9saW1wJiN4RUQ7YWRhcyBlbSBUJiN4RjM7cXVpbyJ9LHsiaWQiOjg5Njc2LCJ0aXRsZSI6IkFycXVpdGV0dXJhIHBhdWxpc3RhIGRvcyBhbm9zIDYwIGluc3BpcmEgbm92byBsaXZpbmcgZGUgRGVuaXNlIEJhcnJldHRvIn1d[/abril-veja-tambem]

[abril-veja-tambem]W3siaWQiOjg5NzY4LCJ0aXRsZSI6IkNhc2EgcGFyYSBtdWxoZXJlcyAmI3hFOTsgY29uc3RydSYjeEVEO2RhIGp1bnRvIGRhIGNvbXVuaWRhZGUgbG9jYWwgbm8gTWFycm9jb3MifSx7ImlkIjo4OTcwMiwidGl0bGUiOiJBcyA3IG9icmFzIGFycXVpdGV0JiN4RjQ7bmljYXMgbWFpcyBtYXJjYW50ZXMgZGFzIE9saW1wJiN4RUQ7YWRhcyBlbSBUJiN4RjM7cXVpbyJ9LHsiaWQiOjg5Njc2LCJ0aXRsZSI6IkFycXVpdGV0dXJhIHBhdWxpc3RhIGRvcyBhbm9zIDYwIGluc3BpcmEgbm92byBsaXZpbmcgZGUgRGVuaXNlIEJhcnJldHRvIn1d[/abril-veja-tambem]

 (Divulgação/ EMECO/CASACOR)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.