Renove as energias da casa em 2019 com Feng Shui

A técnica milenar propõe formas de transformar as energias dos espaços, eliminando as ruins e atraindo as boas

Por Fernanda Drumond Atualizado em 17 fev 2020, 16h43 - Publicado em 9 jan 2019, 17h41
Casa Niwa, da Yamagata Arquitetura – CASACOR São Paulo 2017 Denilson Machado/CASACOR

Quer começar 2019 mudando tudo em casa? Por que não usar o Feng Shui para reformar ou reorganizar? A técnica milenar propõe formas de renovar as energias dos espaços, eliminando as ruins e atraindo as boas.

Comece avaliando todos os espaços, do hall aos banheiros – a técnica favorece o minimalismo. Faça uma faxina completa e substitua tudo que está quebrado ou desgastado. Doe o que é desnecessário, arrume a bagunça e deixe os ambientes arejados. Essa organização inicial é ideal para ampliar e movimentar a energia da casa.

Estúdio Orla – Casa de Vidro.CASACOR Brasília 2018. Felipe Araújo/CASACOR

O ideal é contratar um profissional capacitado para aplicar o Feng Shui, mas algumas dicas podem ajudar a alcançar o equilíbrio, tomando consciência dos objetos e suas influências energéticas. O primeiro passo é conhecer o Baguá. Ele é como um mapa dos centros de energia da residência e dos cômodos. Existem duas formas de posicioná-lo: a primeira é com a orientação da Rosa dos Ventos, com a área do trabalho posicionada para o Norte; a segunda é posicionar a mesma área na entrada da residência e de cada um dos ambientes. O Baguá orienta a posição dos objetos, cores, plantas, dentro de cada espaço. Há livros, guias e vídeos na internet que explicam bem como aplicar o mapa em cada ocasião.

REVISTA CASA CLAUDIA/CASACOR

Cada cômodo da casa possui um objeto de destaque, no quarto, por exemplo, é a cama, na sala, o sofá. Mantenha a peça em uma posição de destaque e nunca de costas para a porta. As cores também possuem valor essencial no mapeamento energético. Procure usá-las nos locais ideais para cada significado.

Cozinha Alecrim, por Bernardo Gaudie-Ley & Tânia Braida – CASACOR Rio de Janeiro 2018 André Nazareth/CASACOR

Procure sempre manter um objeto que representa cada um dos elementos (terra, fogo, água, ar e metal) em todos os ambientes. A escolha não precisa ser literal, vidros e espelhos podem representar a água, por exemplo. Outra dica é manter um fluxo de água corrente no quadrante da prosperidade para quem que atingir objetivos materiais, pequenas fontes, aquários e outras peças que envolvam água podem atrair riquezas.

Jardim Tropical, de Francielle Iost – CASACOR Itapema 2018, Lio Simas/CASACOR

Para não impedir a entrada de energia para a residência, não obstrua a porta principal. Também é importante manter o banheiro sempre fechado, evitando que o fluxo escape. Com tempo e experiência é possível perceber que algumas escolhas são lógicas, como não manter elementos pesados sobre a cabeceira da cama, evitando que o inconsciente trabalhe a ansiedade e a preocupação.

Continua após a publicidade
Publicidade