Irmãos Bouroullec criam cortinas bordadas em jogo de tons e luzes

Criadas para a marca Kvadrat, as cortinas Rennes e Chainette reagem com a intensidade da luz e da sombra, gerando efeitos visuais diferentes e incríveis

Por Evelyn Nogueira 15 fev 2018, 18h18
Divulgação/CASACOR

Ronan e Erwan Bouroullec, famosos pelas cadeiras Steelwood, lançaram durante a Stockholm Furniture Fair as cortinas Rennes e Chainette. As peças foram feitas com técnicas delicadas em bordado. Criadas para a marca Kvadrat, ambas têm o mesmo modelo, mas se diferem em qualidade e características específicas e foram projetadas para interagir de maneiras diferentes com a intensidade da luz e com sombras.

Divulgação/CASACOR

Rennes

Este tipo apresenta formas largas, diagonais, costuradas densamente em linhas interseccionais, criando uma interação com as formas coloridas. Os tons ficam mais intensos quando a cortina é iluminada por trás.

Divulgação/CASACOR

Chainette

Já as Chainettes apresentam uma estética mais sutil, com linhas finas, costuradas como se fossem tranças. Com cores mais suaves, quando iluminadas por trás, trazem ao espectador uma sensação de transparência.

Divulgação/CASACOR

Os produtos foram as primeiras concepções da “Seventeen screens”, exposição feita pela dupla em Tel Aviv, em Israel, e Rennes, na França. As peças apresentadas tinham desenhos em aquarela e também se alteravam conforme as luzes e cores que interagiam com eles.

Divulgação/CASACOR

“O bordado sempre foi algo importante para nós. Da região que viemos, em Bretanha, existe uma grande tradição sobre essa técnica”, dizem os irmãos. “Sempre tivemos um interesse por isso, e para essa coleção, a delicadeza e leveza da técnica foi a certa para nossos desenhos”, completam.

 

Continua após a publicidade
Publicidade