Com cara de casa, apê de 150 m² traz integração e aconchego da madeira

Com home office no quarto e área social privilegiada, Bárbara Dundes cria um projeto que valoriza a paisagem e a luz natural

Por Nádia Sayuri Kaku
21 fev 2024, 18h00

O jovem casal de moradores queria um apartamento com cara de casa quando chamaram a arquiteta Bárbara Dundes  – do elenco CASACOR São Paulo – para repaginar o imóvel de 150 m² comprado na planta no bairro da Vila Madalena (SP). Os pedidos foram pela valorização da vista e também por um home office integrado com a suíte master, já que a moradora costuma trabalhar até tarde.

Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, hall com revisteiro e parede ripada.
(Marco Antonio/CASACOR)

Há uma grande incidência de luz, principalmente o sol da tarde, o que norteou o projeto a usar a vista ao nosso favor, criando uma caixa de madeira, como uma moldura da paisagem. O facho de luz também traz a sensação de casa para dentro do apartamento”, conta a profissional.

Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, varanda com churrasqueira e parede de pedra,
(Marco Antonio/CASACOR)

Como os clientes gostam de receber amigos e cozinhar, a sala e a cozinha foram integradas, mas uma porta camarão pode isolar os cômodos, se necessário. O mesmo material reveste o piso e o teto, criando unidade e integração. Os móveis soltos setorizam as funções.

Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, cozinha com ilha ripada e prateleiras suspensas. Sala integrada com a varanda.
(Marco Antonio/CASACOR)

“Nosso objetivo era ter uma cozinha que fosse bem dinâmica. As banquetas foram pensadas para refeições rápidas, criando uma continuidade da área da sala”, explica.

Continua após a publicidade
Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, sala com estante vazada. Quadro e sofá.
(Marco Antonio/CASACOR)

“Na sala de TV para a varanda, criamos a estante Favos. Com o desenho sextavado que lembra favos de mel, as prateleiras são de palha natural e serralheria. Esse móvel foi feito pensando também na geometria dos objetos colocados nas prateleiras, que são valorizadas no contra-luz da incidência do sol da varanda”, conta Bárbara. O móvel também conversa com os dois sofás, que estão um de costas para o outro.

Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, cozinha com ilha ripada e prateleiras suspensas. Sala integrada com a varanda.
(Marco Antonio/CASACOR)

A varanda foi integrada ao social e recebeu pedra moledo na parede da churrasqueira, para também passar a sensação de uma casa. O mobiliário é um grande garimpo de design assinado: há peças da Artefacto, sofá Clami, mesas e carrinho de bar de Jader Almeida, banco de Gustavo Bittencourt, cadeiras e sofá de Guilherme Wentz e balanço De Carvalho Atelie.

Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, sala com estante vazada. Poltrona suspensa. Painel ripado e tv.
(Marco Antonio/CASACOR)

A TV foi instalada onde ficaria a circulação original para a área íntima. A marcenaria ripada esconde todos os acessórios eletônicos e os fios. O principal material que se destaca em todo o projeto é a madeira natural Tauari.

Continua após a publicidade
Com cara de casa, apê de 150 m² une integração ao aconchego da madeira. Projeto Bárbara Dundes. Na foto, lavabo com espelho orgânico e pia esculpida.
(Marco Antonio/CASACOR)

Por fim, a configuração inicial de três suítes deu lugar a uma suite master com banheiros senhor e senhora, um home office que pode ser integrado e um closet.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade