Bar se volta para o skyline da cidade no ponto de encontro da CASACOR SP

O ambiente de Eduardo Franco Correia captura referências paulistanas como o Rio Pinheiros e reflete sobre impactos no meio ambiente

Por Luciana Andrade Atualizado em 17 fev 2020, 16h34 - Publicado em 3 jul 2019, 23h07

Quando o arquiteto Eduardo Correia percorreu pela primeira vez o espaço que iria desenvolver para a CASACOR São Paulo, pensou: “Chegando lá fora, quis aproveitar a vista e decidi fazer um bar”. A visão do skyline da cidade foi o ponto de partida para o Bar do Jockey, projeto inédito na mostra. Afinal, pela peixeira vez a arquibancada diante do hipódromo recebe um espaço como este, que se tornou um dos pontos de encontro da mostra.

Com uma extensão de 13 metros, o balcão do bar orienta o fluxo dos visitantes e guarda uma peça de iluminação desenhada exclusivamente pelo arquiteto. Ele foi construído em três módulos de acomodação, incluindo uma parte mais baixa acessível para cadeirantes. O espaço conta com o jogo de banquetas criadas por Giacomo Tomazzi, batizadas de Jockey, lançadas no ambiente.

Renato Navarro/CASACOR

Internamente, o formato do espaço de 50 m² remete a um rio retificado – referência clara ao que aconteceu com o Rio Pinheiros, transformado pelo crescimento urbano a alguns quilômetros adiante dali. O carpete de fibra natural representa as margens devastadas.

Denilson Machado/CASACOR

O painel com toras de peroba de demolição foi construído artesanalmente. Ele recebe a série do fotógrafo Denilson Machado, que ressignifica lugares abandonados com balões coloridos.

Renato Navarro/CASACOR

A luminária vintage de cristal remete ao glamour do Jockey Clube de São Paulo, sede da mostra. A cadeira Wiggle é um clássico de Frank Gehry. A gravura é de Alfredo Volpi.

Renato Navarro/CASACOR

O pórtico geométrico direciona o olhar e conecta os ambientes interno e externo, equilibrando lâminas de madeira de alturas variadas. O conjunto ganha um efeito ainda mais escultural com o trabalho de iluminação.

Renato Navarro/CASACOR

Além de um lugar para confraternizar e contemplar o pôr do sol – que está entre os mais belos de São Paulo -, o Bar do Jockey faz refletir sobre uma parte da cidade que é cortada pelo Rio Pinheiros. Com um olhar artístico e delicado, o profissional buscou trazer a reflexão dos impactos da cidade no meio ambiente.

O Bar do Jockey funciona durante todo o período da mostra, de 28 de maio a 04 de agosto, de terça a sábado, das 12h às 21h e aos domingos, das 12h às 20h.

CASACOR SÃO PAULO 2019:

QUANDO?

De 28 de maio a 04 de agosto

Continua após a publicidade

Terça a sábado: das 12h às 21h

Domingos e feriados: das 12h às 20h

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, nº 1075 – Cidade Jardim

INGRESSOS:

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 64,00/ Meia entrada: R$32,00

De sexta a domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 80,00/ Meia entrada: R$40,00

Valet: R$ 40,00

Classificação: Livre

As vendas dos ingressos para São Paulo estão disponíveis no site: casacor.byinti.com

Continua após a publicidade
Publicidade