5 séries incríveis com protagonismo do décor

Em tempos de distanciamento social, selecionamos cinco séries clássicas e incríveis em que a decoração é destaque

Por Cristina Bava Atualizado em 18 dez 2020, 19h46 - Publicado em 7 jan 2021, 10h00
Apartamento com poltronas e sofás. Paredes de madeira. Carpet off-white. Janela ao fundo
Divulgação/CASACOR

Em casa e pensando no que fazer depois das horas de trabalho remoto em tempos da COVID -19?  Veja aqui 5 sugestões de séries para ver (ou rever) que, além do roteiro e dramaturgia impecáveis, possuem cenários e a decoração como personagens.

Muitas são as qualidades de uma série de sucesso mas raras são aquelas que têm “set designs” com a mesma força de um personagem principal. Selecionamos para você, aficionados por décor e design, cinco séries inspiradoras e que também agradam ao olhar.

1.  Mad Man

Quarto com cama de casal. Lençol estampado com pequenas flores amarelas e vermelhas. Parede em madeira. Estante em madeira com local para televisão
Divulgação/CASACOR

O protagonista Don Drapper é um  anti-herói clássico com suas mentiras, fugas e traições. Toda a trama de Mad Man se passa nos anos 1950 e 1960, época do surgimento da publicidade hardcore e sem ética em Nova York. A série em todos os seus sete episódios é um primor. Ora pelo texto, direção e dramaturgia, ora pela ambientação perfeita com peças vintage e décor icônico assinado por Am Wells – umas das mais premiadas set designers de Hollywood. Mobiliário, cores, texturas, objetos e referências arquitetônicas da época criam uma verdadeira e agradabilíssima viagem no tempo.

Escritório com sofás azuis, poltrona branca. Janela com persianas ao fundo. Mesa para secretária em madeira
Destaque para o design de interiores do novo e elegante apartamento Don Draper em Manhattan Divulgação/CASACOR

2. Tempo entre Costuras

Varanda branca com arcos
Divulgação/CASACOR

A vida de uma jovem costureira de Madri, na década de 1930, Sira Quiroga, é a trama central da história. A jovem, ao se apaixonar perdidamente por Ramiro, passa a viver em Tanger, no Marrocos, atrás de uma grande oportunidade de trabalho para o casal. Porém a narrativa dá uma reviravolta e Sira se vê sozinha e sem dinheiro: este é o enredo central.

Prédio branco e carros vintage à frente
Divulgação/CASACOR

Ambientada  em antigas casas tradicionais da região, como riads e dars, as cenas glamourosas perpassam também por palácios e construções históricas com seus  “zellijs” (famosos e onipresentes mosaicos coloridos de cerâmica. A série, além de bela, alegra e conforta a alma.

Escadaria coberta com ladrilhos azuis, verdes e amarelos, compondo padrão
Divulgação/CASACOR

3. The Crown – (terceira temporada)

Interior de sala de palácio com tapete vermelho, teto e paredes ornamentadas com detalhes dourados. Janelas altas com cortinas vermelhas
Divulgação/CASACOR

Sucesso de crítica e público, a série consagrada que traz as histórias da família real britânica e da Rainha Elizabeth II está na sua melhor fase. Nesta terceira temporada, o trono britânico passa a ser interpretado pela atriz Olivia Colman, entre outros novos atores. O recorte temporal abrange de 1964 a 1977 e as cenas criadas com cenários impecáveis refletem o gosto, o estilo e as cores do período. Embora o palácio não sofra tantas modificações, os ambientes em que vemos a família real são pontuados por pequenas mudanças que evidenciam o período. Destaque para os capítulos que trazem a memorável casa da princesa Margaret na ilha particular de Mustique no Caribe. A ilha se tornou uma espécie de retiro da vida pública, onde Margaret levava amigos próximos para curtir e relaxar tranquilamente sem preocupações.

Continua após a publicidade
Sala de palácio com tapete vermelho ornamentado. Tero com afrescos. Pinturas nas paredes. Cadeiras e poltronas vermelhas
Divulgação/CASACOR

4. Big Little Lies          

Apartamento com grande janela e varanda. Mesa e sofá em primeiro plano. Varanda com mulher ao fundo
Divulgação/CASACOR

Big Little Lies é uma serie extremamente bem cuidada, rodada em Monterey, Califórnia, com um elenco de estrelas: Nicole Kidman, Laura Dern e Reese Witherspoon. O trio de protagonistas interage ainda com Shailene Woodley, Zoë Kravitz e com a ninguém menos que Meryl Streep (a partir da segunda temporada). Descobrir o misterioso assassinato de um personagem na comunidade dessa cidade costeira é o plot da série baseada no romance Little Lies, de Liane Moriarty.

Apartamento com piso e paredes brancas. Sofás e poltronas no centro. Uma escala curva conecta primeiro e segundo andar
Divulgação/CASACOR

Os cenários e locais escolhidos pelo premiado production designer John Paino são espaços memoráveis –– que refletem a personalidade das cinco mulheres protagonistas e fiéis às suas histórias –– indicam diversos caminhos para o público. Um belo exemplo é a propriedade à beira-mar decorada com bom gosto e com uma vista deslumbrante do entorno, refletindo as características da personagem Renata Klein, vivida por Laura Dern. “Pensamos muito no que essas mulheres fazem, como se comportam e como foram descritas no livro” revela John Paino.

Prepare-se para cenas muito fortes e algumas violentas que discutem questões urgentes do universo feminino.

5. Downton Abbey 

Sala com decoração vitoriana. Lustre, pinturas nas paredes. Sofás e muitas almofadas. Janelas em forma de arcos. Mesa de centro em madeira
Divulgação/CASACOR

A premiada série inglesa que se passa no início do século 20, quando o naufrágio do Titanic e a Primeira Guerra Mundial eram as principais notícias matinais do jornal. O núcleo da trama é a rotina e os conflitos da família aristocrática Crawley, que vive em um castelo com incontáveis cômodos e funcionários e um deslumbrante jardim. Na ficção, os Crawley vivem na residência Downton Abbey. Mas, na vida real, a propriedade se chama Highclere Castle e fica pertinho de Londres. A “casinha” tem entre 200 e 300 cômodos, sendo que cerca de 80 deles são quartos. Imperdível observar a profusão de detalhes dos ambientes e a qualidade do projeto do jardim impecável, uma das tradições da cultura britânica.

 

Continua após a publicidade
Publicidade