Monumento dedicado à diversidade preenche a Times Square de cores

A obra de Cosimo Scotucci em Nova Iorque explora o espectro de cores em uma analogia às particularidades que nos tornam únicos

Por Redação Atualizado em 10 Maio 2021, 10h21 - Publicado em 12 Maio 2021, 15h00
instalação nova iorque times square cores arte monumento diversidade cosimo scotucci
Cosimo Scotucci/CASACOR

Não importa onde você esteja na Times Square, de todos os pontos é possível observar o belo show de cores do monumento “Espectro, um monumento para a diversidade“. Criação do arquiteto e artista italiano Cosimo Scotucci, a instalação se destaca dos outdoors mais famosos de Nova Iorque para oferecer uma massiva homenagem às diferenças que nos definem enquanto sociedade e, quem sabe, pavimentar o caminho para uma sociedade mais inclusiva.

instalação nova iorque times square cores arte monumento diversidade cosimo scotucci

A instalação urbana explora o espectro de cores proposto por Isaac Newton no século 17, quando o cientista revolucionou para sempre a Física ao constatar que a luz branca é, na verdade, composta de uma gama de cores – ao contrário da crença da época, quando pensava-se que a luz branca era pura, incolor e indivisível.

Para o monumento, Scotucci aplica essa analogia de forma a celebrar a singularidade das pessoas, pois, em suas palavras, “cada pessoa é única, cada indivíduo é uma única sombra na exibição total de cores que chamamos de humanidade“.

instalação nova iorque times square cores arte monumento diversidade cosimo scotucci

Para concretizar a obra, a artista se propõe a transformar cada tela e outdoor de Times Square em um único display monocromático colorido. As sombras mudariam ao longo do dia para mostrar todos os tons de luz possíveis. Com a instalação, Scotucci pretende provocar o pensamento ao mesmo tempo em que celebra a cor e as facetas únicas que nos tornam humanos.

Fonte: Designboom

Continua após a publicidade
Publicidade