MDW: Paul Cocksedge transforma concreto escavado em designs

O designer londrino decidiu eternizar o antigo endereço do seu escritório, transformando materiais do prédio em peças de design

Por Alex Alcantara Atualizado em 7 abr 2017, 16h13 - Publicado em 7 abr 2017, 15h43
Excavation:Eviction – Um project de: Paul Cocksedge e Friedman Benda em colaboração com Beatrice Trussardi Reprodução/CASACOR

Uma história interessante, que une passado, presente e futuro, e resulta em peças de design contemporâneas e charmosas. O profissional londrino Paul Cocksedge, levou para a Milan Design Week 2017, na Fondazione Luigi Rovati, sua nova coleção, EXCAVATION: Evicted (Escavação: Desalojado, em português).

Reprodução/CASACOR

O designer tinha seu estúdio no prédio Hackney e o ocupou nos últimos 12 anos. O espaço foi o local de muitas de suas criações e acompanhou grande parte da sua história profissional. Porém, Cocksedge foi obrigado a abandonar o prédio, que ia dar lugar a um novo empreendimento. Aproveitando esse clima de afeição à área e toda a história que ela possuía, o designer teve uma boa sacada, que resultou em sua nova coleção de peças sustentáveis e incríveis.

Mark Cocksedge/CASACOR

Paul Cocksedge decidiu então escavar o piso de concreto, encontrando um material que seria reaproveitado e revelou muito mais do que ele sabia. “As descobertas resultantes sintetizam a história de multi-camadas de Londres, com o concreto inicial escondendo tijolos vitorianos deixados da antiga vida do prédio, que já funcionou como um estábulo”, explicou.

Mark Cocksedge/CASACOR

Esse trabalho deu vida a diversas peças e cinco delas estão expostas durante a Semana de Design em MilãoCocksedge espera que o projeto faça com que as pessoas reflitam sobre a incerteza que afeta os centros criativos em todo o mundo, causada pela elevação dos preços imobiliários e pelas mudanças sociopolíticas.

Mark Cocksedge/CASACOR

“Meu estúdio de Hackney também me acompanhará no meu novo endereço de trabalho, na forma de um trabalho feito a partir de material recuperado”, finalizou.

Continua após a publicidade
Publicidade