Exposição em São Paulo traz novo olhar sobre vida e obra de Artacho Jurado

A abertura para o público acontece neste sábado (04). Artacho Jurado assina marcos arquitetônicos em São Paulo, como o edifício Bretagne e o Cinderela

Por Redação Atualizado em 31 ago 2021, 14h48 - Publicado em 1 set 2021, 16h00
artacho jurado casacor exposição escola da cidade arquiteto arquitetura
Baú/Clarissa Mohany/CASACOR

A Galeria da Cidade recebe a exposição “Artacho Jurado no Desenho da Cidade” entre os dias 04 de setembro a 31 de janeiro de 2022, que oferece uma visão sobre a vida e a obra do arquiteto autodidata que construiu marcos arquitetônicos na cidade de São Paulo, como o edifício Bretagne, Cinderela e Louvre.

Neste sábado (04), data de abertura da exposição, também é celebrado os 114 anos do nascimento do arquiteto.

artacho jurado casacor exposição escola da cidade arquiteto arquitetura
Baú/Clarissa Mohany/CASACOR

Com curadoria de Teca Eça, sobrinha-neta de Jurado, a exposição foi concebida a partir de um documentário sobre o homenageado. Dirigido por Pedro Gorski e Teca Eça, o filme se relaciona diretamente com a exposição, uma vez que cenas do acervo serão feitas a partir das vitrines e peças gráficas em exibição na galeria.

Depoimentos da filha do arquiteto, Diva Artacho Jurado, da curadora de arte contemporânea Jéssica Varrichio e do jornalista Raul Juste Lores, somados aos arquivos originais cedidos por Diva – fotos, desenhos e plantas do acervo –, ajudam a entender como e por que esse arquiteto se tornou tão presente no imaginário da cidade.

São três narrativas que caminham paralelas, dialogando e se completando: “universo íntimo: a vida e as paixões de Artacho”, “arquitetura cenográfica” e “a relação de Artacho com São Paulo: como ele se inspirou e inspira a cidade”.

artacho jurado casacor exposição escola da cidade arquiteto arquitetura
Baú/Clarissa Mohany/CASACOR

Avesso aos códigos rígidos do modernismo corrente na época, Jurado desenvolveu um estilo próprio, com detalhes requintados e muitas cores, além de uma generosidade dos espaços e dos programas, abrindo quase sempre o térreo de seus edifícios para a cidade.

Graças à sua linguagem extrovertida, foi comparado, pelo crítico Décio Pignatari, ao arquiteto catalão Antoni Gaudí. Neste sentido, a exposição permite discutir os valores institucionais que desenham uma cidade impessoal em detrimento de uma experiência urbana afetiva.

Continua após a publicidade

Serviço Exposição “Artacho Jurado no Desenho da Cidade”

Realização: Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Período expositivo: de 04 de setembro a 31 de janeiro de 2022

Aberto ao público: entrada gratuita (lotação máxima de 10 pessoas)

Agendamento: Caso haja interesse em agendar, o contato deve ser feito pelo e-mail artachonacidade@gmail.com

Horário de funcionamento da Galeria: de segunda a domingo, 10h-12h / 14h-17h

Local: Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Endereço: Rua General Jardim, 65, Centro – São Paulo SP

Continua após a publicidade
Publicidade