Usina de Arte recebe obra de Denise Milan permanentemente

O Banquete, trabalho de Denise Milan exibido no Janelas CASACOR SP 2020, terá morada definitiva na Usina de Arte, em Pernambuco

Por Yeska Coelho Atualizado em 16 ago 2021, 22h20 - Publicado em 16 ago 2021, 16h00

A artista Denise Milan, que surpreendeu com sua obra-contêiner Banquete da Terra no Janelas CASACOR São Paulo 2020, terá agora seu projeto exibido permanentemente na Usina de Arte, em Água Preta, Pernambuco.

Banquete da Terra Denise Milan
Divulgação/CASACOR

Para celebrar a inauguração, a artista também apresentará a performance PETRAFAGIA sob curadoria de Marcello Dantas, no parque artístico botânica, onde a exposição estará instalada.

O projeto socioambiental e cultural de iniciativa da Família Pessoa Queiroz, vem desde 2015 promovendo ações surpreendentes que criam um ciclo de desenvolvimento ambiental, econômico e cultural na região da Mata Sul do Estado.

Banquete da Terra Denise Milan
@scoimbra/CASACOR

A Usina da Arte está alocada em um verdadeiro Parque Botânico que reúne mais de 10 mil espécies de plantas. Trata-se de um espaço que mistura arte e natureza para oferecer todas as sensações e sentimentos aos visitantes. A iniciativa cultural mistura arte e ciência.

O Banquete da Terra de Denise Milan

Banquete da Terra Denise Milan
Leka Mendes/CASACOR

O Banqueta da Terra foi a principal obra do projeto “Terra, a casa de todos”, criado para o Janelas CASACOR São Paulo. Denise Milan o montou em um contêiner-vitrine instalado no estacionamento da Dan Galeria que contou com a curadoria de Marcello Dantas.

O projeto revisita fragmentos de vidro e outros minerais em uma mesa com pratos de alta gastronomia e trabalha bem com texturas e formas para passar uma reflexão importante sobre a origem dos elementos. “Um banquete servido com pratos que revelam a metamorfose da Terra, oferecendo paladares que expandem nossa conexão com a natureza”, afirma a artista.

Banquete da Terra Denise Milan
Leka Mendes/CASACOR

Segundo Denise Milan, o seu trabalho reposiciona o ser humano ao seu sentido na Terra, o que no momento de pandemia resgata o sentido e a valorização da vida.

O Banquete da Terra foi exibido na coletiva GLASSTRESS, uma mostra paralela à 58ª Bienal de Veneza, em 2019 antes do Janelas CASACOR.

Continua após a publicidade
Publicidade