Alê Jordão reflete sobre violência urbana em exposição em Milão

Nova peça do artista, o Disco-Fuzil poderá ser conferido no hotel Nhow de Milão durante a mostra coletiva Oh my Pop!

Por Redação Atualizado em 17 fev 2020, 16h28 - Publicado em 13 nov 2019, 11h48
Divulgação/CASACOR

Alê Jordão contabiliza mais de 20 anos de carreira nos quais assinou obras de sucesso no meio artístico, caso que se aplica à exposição Neon Fashion Dresses, apresentada durante a última Semana da Moda em Milão. O artista desta vez volta à cidade para participar da mostra coletiva Oh my Pop!, que inaugura nesta quinta 14 de novembro e segue até 10 de abril de 2020.

O evento tradicional do hotel Nhow em Milão irá contar com o lançamento de sua peça Disco-Fuzil, escultura montada em um toca-disco que representa um modo irreverente de apreciar música.

“A discotecagem é um dos meus hobbies e decidi usá-la para compor uma obra que reflete bem o dia a dia nas grandes cidades, de violência e estresse”, explica Alê. Além da vitrola, também estará exposta uma escultura em neon que homenageia os estilistas da Dolce & Gabbana. As peças poderão ser conferidas em Milão, no endereço Via Tortona 35, das 10h às 21h.

Publicidade