Artboard Created with Sketch.

Triptyque Architecture une arquitetura e natureza em exposição no MCB

O escritório criou uma instalação onde a natureza é o agente e a arquitetura um meio para se desenvolver relação simbólica entre o construído e o orgânico

Triptyque Architecture – Entropical Modernism
“Um mesmo objeto, em contextos diferentes, responde de forma diferente. Partindo dessa premissa, a proposta questiona a razão pela qual o modernismo teve uma aceitação tão diferente no ambiente tropical quanto no hemisfério norte. Dessa forma, foi imaginado um terreno comum onde a natureza seja o agente e a arquitetura a plataforma para se desenvolver uma relação simbólica entre o construído e o orgânico”. T

Triptyque Architecture – Entropical Modernism
“Um mesmo objeto, em contextos diferentes, responde de forma diferente. Partindo dessa premissa, a proposta questiona a razão pela qual o modernismo teve uma aceitação tão diferente no ambiente tropical quanto no hemisfério norte. Dessa forma, foi imaginado um terreno comum onde a natureza seja o agente e a arquitetura a plataforma para se desenvolver uma relação simbólica entre o construído e o orgânico”. T (André Klotz/CASACOR)

Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresenta ‘Experimentando Le Corbusier – Interpretações contemporâneas do modernismo’. A exposição apresenta uma reflexão sobre o modernismo no Brasil e sobre o trabalho do arquiteto franco-suíço.

Para a exposição, o escritório Triptyque Architecture fez a Entropical Modernism, um estudo que parte do entendimento de que um mesmo objeto, em contextos diferentes, responde de formas distintas.

 (Divulgação/CASACOR)

A partir desta premissa, a proposta questiona a razão pela qual o modernismo teve uma aceitação diferente no ambiente tropical e no hemisfério norte. O quarteto de profissionais pesquisou as contradições e semelhanças dos trabalhos de Oscar Niemeyer e de Le Corbusier e a forma com que a arquitetura interage com a natureza no movimento tropicalista.

Dessa forma, projetaram uma instalação em um terreno comum onde a natureza é o agente e a arquitetura a plataforma para se desenvolver uma relação simbólica entre o construído e o orgânico.

 (Vinicius Stasolla/CASACOR)

Com curadoria de Pierre Colnet e Hadrien Lelong, a mostra Experimentando Le Corbusier permeia o pensamento de Le Corbusier para além do perímetro da arquitetura. Para compor a exposição, foram convidados diversos artistas, designers e arquitetos brasileiros a fim de manter vivo o pensamento moderno e revolucionário do arquiteto moderno.

SERVIÇO Experimentando Le Corbusier – Interpretações contemporâneas do modernismo

ONDE?

Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705 – São Paulo/SP

QUANDO?

De terça a domingo, das 10h às 18h

Visitação: até 12 de agosto

QUANTO?

Entrada gratuita aos sábados e feriados. 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.