Pequenos abrigos para animais sem lar são construídos nas ruas do Equador

A vizinhança de Babahoyo, com o escritório Natura Futura Arquitectura, desenvolveram um protótipo de abrigo temporário para cães e gatos se refugiarem

Por Alex Alcantara - Atualizado em 17 fev 2020, 16h41 - Publicado em 18 fev 2019, 16h30
Reprodução/CASACOR

Uma problemática, que vem aumentado no Equador, é o número crescente de animais desabrigados no país. E enquanto as políticas públicas discutem este assunto, a vizinhança de Babahoyo, ao lado do escritório Natura Futura Arquitectura, desenvolveram um protótipo de abrigo temporário, disposto em locais estratégicos do bairro, para cães e gatos se refugiarem.

Reprodução/CASACOR

“O projeto foi pensado principalmente para que os animais tenham um local de proteção durante o dia e a noite, estabelecendo junto com a comunidade, o cuidado com os pets, onde se assume o compromisso de fornecer água e comida”, explica José Fernando Gómez, do escritório Natura Futura Arquitectura.

Reprodução/CASACOR

O projeto, denominado La Casita del Barrio, configura pequenas casinhas, que foram totalmente pensadas para os pets sem lar, unindo soluções arquitetônicas a um design urbano e estético. Cada construçãozinha possuí 60 cm², feita de madeira, que recebe uma proteção contra água e chuva por pequenos beirais, que também  ajudam a ter ventilação cruzada. Uma bandeja para comida é alocada ao lado da de água. Há dois modelos, um para gatos e outro para cachorros.

Reprodução/CASACOR

O objetivo deste projeto é trazer a ideia de consciência para uma cidade responsável, que acolhe e aprende a viver junto aos animais enquanto eles buscam um lar definitivo.

Reprodução/CASACOR
Reprodução/CASACOR
Continua após a publicidade
Publicidade