Paredes curvas e tons de nude trazem calma a este apê no Vietnã

O escritório Limdim House Studio pincelou cores naturais por toda parte para criar um visual tranquilo e sofisticado

Por Marina Pires Atualizado em 19 jun 2021, 16h19 - Publicado em 18 jun 2021, 09h00
apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

Assinado pelo escritório de arquitetura Limdim House Studio, a renovação do apartamento Brown Box, no Vietnã, adicionou paredes curvas, cornijas em camadas e granilite ao local, com o objetivo de criar um espaço calmo e suave.

apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

“A ideia do nome do apartamento vem do apelido da dona da casa, Srta. Brown”, disse o fundador do estúdio, Tran Ngo Chi Mai, em entrevista à Dezeen. “Como ela também adora a cor marrom, nossa ideia foi criar um ambiente tão suave e calmo quanto esta cor em si.”

apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

O escritório investiu em uma paleta de cores naturais (com marrom claro, bege e madeira) na intenção de criar uma atmosfera diferente dos apartamentos convencionais e optou por remover as paredes existentes, adicionando divisórias curvas em seu lugar.

Destaque para a ilha arredondada no centro da cozinha que foi revestida com granilite. 

apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

“Usamos granilite desde a ilha da cozinha, como um riacho que desce pelo chão e se espalha por toda parte”, disse Chi Mai. “A escolha desse tipo de material faz com que a casa fique leve e suave.”

apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

O granilite ganhou destaque no projeto visto que apresenta uma boa duração, brilho e mais dissipação de calor do que os pisos de madeira, criando uma sensação de frescor. 

apartamento; decoração; arquitetura; vietna; paleta de cores claras;
Do Sy/CASACOR

“O importante na hora de projetar é criar um espaço novo, sofisticado e principalmente trazer uma sensação de conforto ao proprietário”, explica o arquiteto. 

“Se os proprietários voltam depois de um dia de trabalho duro, não aproveitam a vida neste ambiente, ele será para sempre apenas um local para suprir necessidades básicas como comer, dormir e isso será o nosso fracasso” complementa.

Continua após a publicidade
Publicidade